sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Dançando salsa

Como meu carnaval foi relativamente tranquilo e minha chegada em Campinas foi um tantinho estressante, se fez necessário uma saída par dançar salsa.
Ah, a salsa... Salsa é uma das danças mais diabólicas que eu conheço. É um sacolejo pra cá, um remelexo pra lá, sua aqui, cafunga no pé do pescoço ali, segura, gira. Quando dou por mim, não é que tô de fogo? E eu de fogo, minha gente, é um perigo.
Chamei pra dançar todos os homens que eu via dando mole. Tava parado, eu ia lá e...pá...agarrava o moço. E sou eclética. Pode ser alto, baixo, magro, gordo, pode dançar bem ou ser uma merda completa. Não sou luxenta. Tá dando mole, eu tiro pra dançar.
É claro que essa fala de critério tem seu preço. Alguém deu uma pisadela no meu pé que deixou meu mimoso pezinho meio que roxo e todo esfolado. É o preço da animação.
Tinha um negão - não um negão manga larga marchador, um negão meio pônei porque o negão era baixinho - que dizia que não sabia dançar salsa. E eu lá sei dançar salsa? Sei nada! Quero mais é sacolejar, requebrar, suar e, se possível, não ter o pé pisado. O neguinho pegava de um jeito! Sabe aquela " guenta" bom, aquele " venha cá, minha nega" de tirar o folêgo? Pois ele tinha. Não sei se era salsa o que ele dançava. Era uma mistura de forró, com gafieira, samba rock, cebolinha, coentro e pimenta malagueta. Um talento natural para a lascívia da salsa. E aí, diante dessa coisa toda de salsa, suor e cerveja, vai me dando aquela vontade, aquela coisa incontrolável, aquela música cheia de " ariba", " que rico", "la cucaracha" e, sem que eu consiga me controlar, lá estou eu fazendo outra vez, e pelo jeito só eu fazendo isso no salão, não dá pra segurar...desculpa mas eu vou lançar um sonoro e feliz ...Hù!
Como é bom dançar salsa e lançar um Hú!
Tan tan tan tan tan...HÙ!!!
Tantan tan tan HÚ...a perna vai para um lado.
Tan tan tan tan HÚ... cara a cara...cabecinha pra trás e...HÙ!
Tantan tan tan Hú Hú.!!

Afe...não sei como vivi tanto tempo sem HÙs!
Só me lembro que cheguei em casa e ainda tive que dar o antibiótico pra cachorra. Eu devia fazer mais um curativo nela, mas achei melhor evitar porque a dificuldade de encontrar a fechadura de casa era um indicativo que eu poderia me confundir um tantinho e acordar hoje com a pobre da cachorra com pomada cicatrizante no fiofó em vez de ser na pata.
Semana que vem tem mais...oba!

5 comentários:

Morena disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Morena disse...

A noite foi óoooooooooooootima!Hú!
Um excesso de felicidade. Hú! E os mocinhos KAMIKASES!!! Hú! Hú! Hú!
Salve essa mistura de Salsa, Cebolinha, Manjericão, Pimenta e outras cossitas mas .... Hú!

Van disse...

Querida, Obrigada pelo apoio nesse episódio horrível do plágio. Ter algo nosso assim surrupiado, roubado, piorado, remexido, alterado, plagiado com tanto discaramento e maldade é algo inexplicavelmente podre mesmo. O pior é que mesmo eu apresentando prova após prova, nada se faz a respeito. E enquanto me pedem calma, quietude e paz, a plagiadora continua à solta por aí, me difamando, mentindo cada vez mais, negando tudo sem apresentar prova alguma, sujando meu nome.... E muita gente acredita, pq a pessoa em questão é muito boa de lábia.
Enfim.... Parece que a verdade não conta muito hoje em dia. Aguardo um fim pra tudo isso e principalmente, que a vida ensine alguma lição à essa ladra pra que quem sabe ela não prejudique mais ninguém.
Obrigada pelo apoio. Mais uma vez.
Beijucas

Danny Reis disse...

Hum, salsa é tudo de bom! Mentira! Dançar é tudo de bom!
Beijos!

Andrea disse...

Semana que vem tem mais?! Onde, onde, onde??????????????
Rs....sempre muito divertido "ler" vc!
Bjs Déa Obata