quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Tú é frouxo que eu sei

Não sei o que acontece com os homens. Estão todos afrescalhados, ao meu ver, ou eu estou por demais ofensiva, assustadora.
A frase que mais ouço é:
-Você me assusta!
E eu sou obrigada a responder:
-É porque você é meio frouxo mesmo.
Obviamente a coisa piora muito mais.
Aí eu fiquei a pensar aqui o que tanto assusta os moços.
Meu humor escrotinho?
Minha franqueza agreste?
Meu jeitinho meio estúpido de ser?
Minha gargalhada insana?
O todo o conjunto da obra?

Tudo bem que eu lanço algumas frases um tanto desconcertantes.
-Ó, bicho, se vai começar com graça e a amarelar na metade, nem vem, viu?
É, eu acho que isso pode assustar mesmo.
Ouvi um cara me dizer que tinha medo que eu escrevesse sobre ele aqui no blog (!!!!).
Meu filho, olha só que mancada. Ou não faz fé no próprio taco ao ponto de achar que eu posso esculhambar sua pessoa publicamente, coisa que não faço pois eu esculhambo discretamente e saio à francesa, ou você quer mesmo aparecer. Conseguiu. Olhe eu aqui te esculhambando publicamente. E nem sei como é teu taco, meu filho, nem tive a oportunidade de conhecer!
E por quê?
Porque os moços tem medinho.
Faz tempo que não falo a frase célebre :
-Medinho de cu é rola!
Medinho de sua alta estima despencar das alturas fictícias porque mulher quando quer conquistar um bofe mente horrores e as bestas acreditam. Aí quando chega uma que não é de mentir ficam com medinho do que vai sair dali.
Cuzão.
Medinho de não dar no couro. O clássico medo masculino.
Cuzão.
Medinho que eu escreva aqui que o bofe lindo por fora é "pobremático" por dentro.
Medinhos pra todos lados.
Uma injustiça isso porque eu nunca queimei filme de marmanjo aqui. Nunca escrevi que fulano de tal, lindo de morrer, tinha xulé. Nunca falei que não sei quem gostava mesmo é de levar dedada no fiofó. Nunca disse que sicrano era dado a broxadas fenomenais. Alguém leu isso aqui? Nunca porque eu sou doida mas tenho juízo. Se eu começo a espalhar merda no ventilador serei obrigada a ter um blog anônimo porque homem algum vai ter coragem de botar o dele na reta pra uma mulher que não sabe ficar na sua.
Meio maluquinha eu até sou mas burra, jamais!

Sei lá, viu.
Vai entender.

Eu acho que o mito da Vagina Dentada ainda é contemporâneo. O receio ancestral masculino que a mulher tire a sua virilidade, abocanhe sua masculinidade e depois saia por aí palitando os dentes!
Ai, ai.
Cada homem que me aparece...
Definitivamente eu sou mais macho que muito homem, como já dizia Rita Lee.
Esse mundo tá perdido.
Vou virar gay desse jeito.

14 comentários:

Marina F. disse...

ih, amiga, nem me fale.
tô passando exatamente por isso neste momento.
Por isso: vamos acampar neste fim-de-semana....hahahahahaha.
beijos.

Anônimo disse...

os moços tem medinho huahuahuahuahauhauhauauh
vc me mata de rir, e o pior é que não é esculaxo nem nada, é a real!!!!!!!!!!!
a coisa tá feia, não é só pro seu lado não, viu
kkkkkkkkkk
aNa.

Tatiana disse...

ahahhahahahahahahahahhahahaha
a coisa tá braba!

Ju Hilal disse...

Eita!
O pior é que eles têm medo mesmo. Nosso amigo frouxo que o diga...rs
Se mudar de lado você vai fazer um baita sucesso, mulher. Só aquela corridinha já te garante.
Hahahahahahahaha
Beijos

Tatiana disse...

SENDO CANTORA DE MPB, ENTÃO!!1
AHAHAHAHAHHAA

Anônimo disse...

Você realmente me assusta! E eu nem te conheço...

Morena disse...

È como eu digo... se não sabe brincar, não brinca.

Tatiana disse...

seu anõnimo,
tú deve ser frouxo também...
hahahahahha
perdão, não resisti!!

Tatiana disse...

Morena
Sábia!

Georgiana disse...

Nem me fale... tem cada coisa nesse mundo!!! Já ouvi tanta coisa de tanto homem. Algumas mulheres assustam mesmo e homem tem medo de comprometimento, não gostam de mulher que não tem dono. Já reparei isso. Tem que ser é muito doido para encarar ou ser muito seguro de si. Porque se não for assim, eles querem a princesinha linda que precisa de apoio masculino.

Luciana Vale de Castro disse...

Concordo completamente, tem muito homem com medo de ser ofuscado pelo brilho de uma mulher de verdade. Além de competirmos no mercado de trabalho de igual para igual, hoje em dia muitas de nós não têm medo de ser feliz; somos autênticas e, como consequência da auto-estima elevada que com tanto trabalho construímos e conquistamos, muitos nos criticam porque nos "atrevemos" a escolher um entre eles !!!
Bem, se "um" não der conta... talvez uns dois ou três já dêem pro gasto ;)

Vivien Morgato : disse...

menina, falei da Vagina Dentada em aula, nesses dias...deveria ter lido aqui, assim faria esse paralelo.
hahahah...

Eu mesmo que te quero disse...

Ah, assusta nada.
Qualquer dia te pego de jeito.
Deixa vc comigo... daí vai ver que não é força é jeito...

Tatiana disse...

sei sei
qualquer dia, né?
tá bom...tá certo...deixa eu sentar aqui...e esperar!