terça-feira, 21 de outubro de 2008

Papo de criança


Nessas apresentações que ando fazendo ouço cada coisa deliciosa! Muitas vezes tenho que me controlar para não ter um acesso de riso. As tiradas que as crianças oferecem são divertidíssimas.

Ontem, em Paulínia, foi interessante. Bairro barra pesada, escola de periferia. A turma da manhã era endemoniada, difícil de controlar, super participativos mas rebeldes. Até uma pedrada foi lançada ao palco passando a milímetros da orelha do João Paulo e eu, na euforia do show, nem vi. Ainda bem porque se visse iria chamar São Herodes e dar fim a essa graça.
Imagina se pega em algum instrumento? Em alguma criança? No João Paulo??EM MIM?
Nem tudo são flores.

Um menininho com a cara mais levada olhava pra mim e perguntava:
-Tatiana "Bosta"?
Eu, querendo me mostrar superior a essas provocações infantis, disse de volta:
-Quase isso.
Ele me tasca, de bate-pronto:
-Tatiana "Merda", então!
Eu não ri pra mostrar moral, mas que me deu uma vontade de cair na gargalhada , isso deu!

No fim desta mesma apresentação eu fui rodeada por tanta criança, mas era tanta criança em cima de mim que perdi contato com o chão! Me vi sendo carregada. Me senti uma formiga grandona sendo levada por aquelas formiguinhas minúsculas mas quando juntas, fazem o maior estrago. Pedi socorro e nem lembro quem veio me resgatar. Mas alguma criança meteu a mão no meu peito e eu não conseguia identificar o dono da mão. Um monte de dedinhos salientes em uma mão incógnita.
Choquei!

Devo distribuir algumas centenas de beijinhos e confesso que me dói as costas. Mas meu coração fica quente, quentinho mesmo.

Hoje um toquinho de gente, não devia ter mais de três aninhos, berra todo animado quando eu pergunto o que eles podem fazer para ajudar a natureza:
- Fazer " reciclismo" de lixo!
Coisa mais linda de se ouvir, minha gente!

Uma meninha passa por mim e pergunta bem baixinho:
-Você é a Madonna?
-Não, claro que não! Sou Tatiana.
-Pra mim você é Madonna.
Fofa, né?

Outro menininho.
-Por que você berra tanto?
aahhahahahahah
Adorei essa.

Hoje, quase subindo no ônibus para ir embora, uma menininha me puxa a mão e sussurra no meu ouvido:
-Eu também já vi a Mula Sem Cabeça!
(explicação: durante o show eu falo que um dia eu dei de cara com a tal e aí canto a música dela)
-Foi? E você ficou com medo como eu fiquei?
-Não, né? Eu sei que ela é de mentira!
Ótima a lógica da menininha!

A frase que eu mais ouço, especialmente das professoras:
-Nossa, você é igualzinha a Ivete Sangalo!
Onde, meu povo? Só se for no sotaque!

A diretora da escola, na hora da despedida, dá uma olhada meio de lado pro baixista que é realmente um baita de negão manga-larga-marchador, praticamente um deus-zulu e lança essa:
-Rapaz, você fez o maior sucesso aqui hoje.
Ele meio sem graça, meio risonho se vira para ir embora e a diretora da uma bela de uma secada na bunda dele, olha pra mim e diz bem baixinho:
-Jesus na cruz, não é, minha filha? Que mãozão, hein?
Eu subi no ônibus morrendo de rir com o assanhamento da mulherada.
Pô, professora também tem que divertir...a banda acaba sendo um plus a mais para as profissionais de educação!

Puxa vida, eu me divirto com esse trabalho.
De todas as maneiras!

Está sendo marcado um teatro aqui em Campinas com entrada franca para convidados. Uma apresentação somente para gravar em dvd o show.
Estão todos convidados.
Chique, né?

3 comentários:

Ju Hilal disse...

Você é a Madonna???
Hahahahaha
Adorei as histórias. Criança tem cada uma.
Quero ver logo o show!
Beijão

Vanessa disse...

Se tem diversão é trabalho bão.

:-)

beijos, Ivete.

Marina F. disse...

haha, adorei!
e quero estar neste show!
bjsssss.