terça-feira, 23 de setembro de 2008

Terças: dia mundial da justificativa

Estava um frio do caramba pra começar a nadar.
Não deu.

Eu não fiz musculação mas carreguei instrumentos pro carro, instrumentos de percussão,inclusive, que são pesadérrimos. Minha bolsa de cabos e pastas que pesa horrores, pedestais parecem leves mas são excelentes para firmar braços e antebraços. Eu acho que levantei eles umas duas, três vezes.
Já foi alguma coisa, né?

Não treinei jiu-jitsu porque estava gravando com quem iria me instruir.
Não rolou.

Eu acho que fumei um cigarro a menos que ontem. Não sei ao certo porque eu não contei nem os cigarros de ontem, nem o de hoje. Mas eu dei uma boa dormida a tarde e quando eu durmo, eu não fumo. Logo...
Acho que tá valendo.

Eu to realmente muito orgulhosa de mim porque eu não xinguei ninguém lá da VIVO, não falei nada de assustador, não fiz baixaria nenhuma.
O fato de eu realmente não ter conseguido falar com nenhuma pessoa, só ouvi mensagens gravadas me mandando apertar números que me levavam a outra gravação que me mandava apertar outros números ajudou muito nesse fato.
Eu escrevi um email pra VIVO super educado. Falei boa tarde, pedi por favor e finalizei com obrigado. Foi muito bonito.
Também tá valendo.


A parte dos palavrões foi meio foda, cacete. Eu comecei bem o dia, estava ótimo, até chegar ao estúdio e aí junta músico com técnico de som e é um tal de tá do caralho, filha da puta, som da porra que eu confesso que escorreguei na intenção e deixei escapulir uns palavrãozinhos super pequeninhos tipo puta que pariu, boceta cabeluda. Mas foram poucos. Ou então foram ditos baixinho.
E eu não conto o gesto com o dedo na apresentação lá da noite autoral porque eles estavam mesmo me sacaneando pedindo que eu cantasse Chão de Giz.
E eu não falei. Não disse nada porque às vezes um gesto fala mais que mil palavras.

E em relação à Saudação ao Sol...poxa...tava um vento frio do cacete lá fora e eu perdi a hora de manhã porque fiquei lendo maníacamente o livro muito bom do Khaled Hosseini - o mesmo que escreveu Caçador de Pipas - chamado A Cidade do Sol.
Passo a madruga lendo um livro com um nome desses, perco a hora, tomo banho quentinho, lavo o cabelo, puxa vida, meu cabelo é grande, cheio, no vento frio ele vira um sorvete de casquinha de tão gelado. Eu ando cantando muito, tem o show do infantil, tem as cantorias, tem as trilhas, se eu vacilar posso pegar uma pneumonia que, tenha certeza absoluta, começou na cabeça por causa dessa friagem súbita.
Não dava, né? Uma coisa de se preservar.
Saudação ao Sol tem que ter um sol porreta, um sol macho...esse negócio de Saudação ao Sol com dia meio nublado, todo viadinho, meio frio é uma incoerência.
E como é que eu saúdo o sol dentro de casa? Que é mais fria que pé de defunto? Com uns gatos malucos que se eu me abaixo e levando o derrié, eles saltam em mim e ficam me escalando ou tentando agarrar meu cabelo que tá balançando. Fica difícil...esses gatos não percebem a necessidade ada concentração para a prática saudável da Yoga. Certamente têm alma de marombeiro, não são assim tão espirituais como a dona. Talvez uma limitação da própria espécie felina...não sei ao certo.
Bem, o que eu tô querendo dizer é que não rolou.

Mas amanhã...amanhã eu to sentindo que vai ser diferente.
Tô sentindo mesmo. Ando muito sensitiva atualmente, uma coisa de mulher, de entranha, de útero, de duodeno de tão forte! Tô sentindo muito mesmo!!
Amanhã!
Amanhã a coisa vai pegar!

12 comentários:

mamão disse...

Definitivamente você é uma pessoa engraçada.
Deve ser bom ser uma pessoa engraçada que diverte todo mundo.....
Um dia engraçado pra você.
mamão

Marina F. disse...

haha, ótema amiga.
vc vem no findi?
vamos combinar?
bjs.

Tatiana disse...

Mamão...
Não sei se eu sou engraçada...o que eu sei é que não to a fim de ficar neste mundo reclamando ou vendo só o lado cinza das coisas. E uma das minhas saídas pra isso e rir. De mim, dos outros, da vida mesmo. Aprendi a rir de mim e isso é muito bom.
Nem todo mundo se diverte comigo, especialmente quando eu resolvo sacanear. O sacaneado nem sempre tem o mesmo senso de humor que eu.
Adoraria ter um dia engraçado.
Um dia inteirinho...poxa..seria bom!
Beijos pra você.

Tatiana disse...

Marina
Ligo pra vc

mamão disse...

Nunca volto pra ver o mesmo post mas voltei hoje e...não queria que você entendesse como entendeu, parece que pegou em alguma coisa. Desculpe, não era a intenção.
Eu também gosto de me divertir e rir de mim, quando possível mas não faço disto a minha fuga. Sacanear alguém ou alguma coisa, prefiro não usar este caminho. Já fiz muito disto e percebia que sempre voltava em dobro, você tem isto ou tinha, não vejo agora, na abertura do blog, não é?
Seja engraçada por ser completa, junto dos seus.
abraços
mamão

Lord Broken Pottery disse...

Tatiana, querida,
Tá parecendo coisa de News Year Resolution. Os gringos lá de UK, todo início de ano, fazem um monte de promessas. Relaxa e ... Melhor só relaxar.
Beijo grande

Georgiana disse...

Eu adoro seu blog! Uma das melhores coisas de ler do mundo! Acrescentei ao meu blog, que é mais sério... queria esse teu humor porque você é do caralho!
Meu blog, só para vc conhecer: http://www.chocolataveccafe.blogspot.com
Brigada por exister!

Tatiana disse...

Georgiana,
Que coisa boa de se "ouvir"!
Vou dormir contentinha!
Vu lá no seu blog " sério". hahahahha
Beijos e venha mais por aqui. É sempre bom!

Tatiana disse...

Mamão, Mamão...
Queria eu ter uma tarde inteirinha conversando com você. Olho no olho.
Seria interessantíssimo.

Juliana Hilal disse...

Hahahahaha
Muito bom Tati, quase tão bom quanto a sonzera que vcs aprontaram ontem.
Adorei. Adoro seus shows. A música vem do útero, ou do duodeno, vai saber, e a voz...Ah, a voz.
Querida, relaxa com essa história de resoluções drásticas. Começa sussa, um enduro no domingo, umas caminhadas na lagoa jogando conversa fora, que quando vc perceber vai estar fazendo o show infantil inteiro sem suar.
Já a saudação ao sol...essa acho que não vai rolar mesmo, com esses seus gatos malucos... Deixa prá Pocinhos do Rio Verde.
Beijão

Tatiana disse...

Lord..
hahahahah
tá parecendo mesmo, né?
e a gente nunca cumpre nada que promete no fim do ano. Não tudo, pelo menos!

Tatiana disse...

hahahahahah
vou arrasar no enduro...quero ver se eu não vou sair " endura".
As pernas duras..a bunda dura e aí, eu caio dura de tão cansada!!!!
tô animadíssima com esse idéia...enduro, vamos nós!