terça-feira, 19 de fevereiro de 2008


Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet

SINOPSE

Baseado no musical da Broadway que conta a história infame de Benjamin Barker, conhecido por Sweeney Todd, que abre uma barbearia em Londres apenas como fachada para uma sinistra parceria com sua inquilina, a srta. Lovett.



Fui assistir esse filme. Eu gosto do ator, o Johnny Depp, acho que ele faz muito bem os papéis de gente maluca, acho ele um pitéu, acho ele uma beleza.
Então, lá fui eu.
No primeiro minuto do filme descubro que é um musical.
E eu detesto musicais. Detesto, detesto, detesto com todas as minhas forças. E quando eu sei que é um musical, e mesmo assim insisto em assistir, eu faço todo um trabalho psicológico comigo mesmo para ver a tal produção.
Só que eu não sabia. Eu fui convidada a assistir este filme. " Vamos, meu bem, vamos ver este filme". E eu fui.
Conforme o filme passava e aquelas músicas todas continuavam eu ia ficando agitada. Vira pra lá, vira pra cá. As sopranos gorjeavam pra cima e para baixo. Se for ele que canta, o Depp canta pra caralho! E ele tem um dentinho torto do lado esquerdo que é muito charmoso.
Cacete, não pára nunca essa cantoria?
Não, não pára nunca.
Tá a fim de ver? Veja, mas se prepare porque é uma cantação sem fim.
Saímos do cinema e viemos correndo pra casa e ainda deu tempo de pegar a nova mini-série e ainda o seriado gringo "24 horas".
Agradeci aos céus eu não ter pago um valor muito alto.
Porque eu achei uma grande de uma bosta, isso sim.
Cantoria no cinema? Parei no Noviça Rebelde. Ou talvez no "Fama"...fora isso...haja saco para aguentar.

6 comentários:

P. Polivalente disse...

tb detesto musicais. mas tem muita gente falando desse filme. deve ter algo de bom. abs. PP

Tatiana disse...

a luz é boa...os atores também...até a música, mas a bosta é a cantoria sem fim

Bruno Ribeiro disse...

Como dizia meu falecido pai, musical não tem segredo: o ator solta um peido e o elenco todo sai cantando. Você tá certa. Musical é um porre. Uma das coisas mais cacetes que já inventaram. E eu digo mais: a maioria das pessoas que gostam e entendem de musicais é chata pra caralho. Sabe aquele tipo que fala gentemmmm. Hoje eu não tou bom (risos).

Tatiana disse...

bruno
hahahahah
vc tá é ótimo!
te vejo já já no City!

Talita Brito disse...

Nem o Alan Rickman salvou?

Aquele narigudinho...

Bruno Ribeiro disse...

Ué, não foi ao City por quê??? Que bolo, hein??? rs