quinta-feira, 14 de junho de 2007

Virgem Santa!

Eta vidinha essa!
Hoje tive que fazer um evento para o plano de saúde que eu trabalho. Distribuir panfletos durante o encontro de casais de uma igreja protestante.
Um saco presumido desde o começo, mas tem que fazer, né? Então lá fui eu. Um vestidão longo que me cobria dos pés ao pescoço, mangas longas, preto, meia de seda . Fiz até uma escova no cabelo e pintei as unhas de grená com beterraba.
Estava a cara da Maria Madalena.
Era para começar as cinco. Não começou. Começou pra lá das oito da noite. E o que se faz neste tempo todo em uma sala sem absolutamente nada acontecendo, além de outras empresas esperando o povo sair para distribuir alguma coisa, ou vender algum livro, alguma camiseta, algum cd. Todos ali, entediadíssimos e um filha da puta de um vendedor de DVD com um pastor aos berros na televisão.
Aí começou a merda.
Foi me dando um daquele ataques de bobeira medonhos.
Um dos meus colegas se indignou com o barulho. Se eles podiam colocar som, porque nós não podíamos?
E eu dando corda. " Meu som tá no carro, caixas, mesa, pedestal. Vamos pegar e ligar".
Meu colega empolgadíssimo. " Eu posso ficar chamando o povo pelo microfone, berrando o nome do plano."
E eu posso ficar cantando a musiquinha que passa na rádio - aumentei.
E a nossa amiga aqui pode ficar dançando!!!
Aí eu me empolguei de vez.
Eu posso fazer o seguinte discurso:
" Se Lázaro, se o pobre do Lázaro tivesse o nosso magnífico plano de saúde, não teria ficado três dias lá nas tumbas. Teria acionado nosso maravilhoso serviço de resgate e teria o glorioso atendimento no nosso divino pronto socorro."
Eu fazendo aquela voz de pastor. O povo contorcendo de tanto rir. Quanto mais riam, mas eu fazia graça.
"Se Jesus tivesse o nosso plano de saúde talvez a história do mundo fosse outra, porque se ele tivesse nascido na nossa maternidade, teria tido todas as vacinas completamente gratuitas. Teria atendimento em todo território nacional pelo sistema ABRANGE, sem nenhum custo. Teria sido resgatado da cruz e levado, de helicóptero, para nossa estupenda UTI. E teria sido atendido pelos melhores profissionais, porque no pronto socorro do nosso hospital sempre tem de plantão um ginecologista, um ortopedista, um clínico geral e um pediatra. E isso sem pagar nada, além das módicas mensalidades".
O povo se acabando de rir. Eu me vendo no púlpito.
" E a Virgem Maria teria tido acompanhamento de homeopatia e acupuntura, sem restrições de quantidade"
Um silêncio súbito.
Algo me disse que fodeu de vez.
Meu amigo vermelho como um pimentão. Nem tive coragem de olhar para trás.
O pastor que organizava tudo apareceu do além, o filho da puta surgiu do nada e disse:
" Nós não cultuamos a mãe de Jesus".
Aí, a minha resposta ainda pior.
" Bem, de certa forma, é uma economia porque hoje os planos são individuais e não familiares".

Quase perdi o emprego.
Mas não perdi a piada.

18 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

É por aí. Eu te admiro.

tali disse...

Putaquepariu!

Desculpe, não resisti. Quase morri de rir aqui. rs

(Estudo numa Pontifícia e adoraria que você estivesse na minha turma de Cristianismo. rs)

Tatiana disse...

Não.
Tenho certeza que você não gostaria, Tali.
Seria um horror e voc~e teriua vergonha de mim e tentaria me guardar dentro da sua bolsinha de canetas e eu ficaria com muitas dores no corpo por me contorser tanto para caber ali.

Fernando disse...

Se o seu plano de saúde tivesse curado Lázaro, Cristo não precisaria ressuscitá-lo e um dos maiores arcabouços da fé cristão não se consolidaria. Pior, se tivessem removido o Cristo da cruz, e submetido a tratamento intensivo, obviamente dentro dos limites previstos no plano, e ficasse curado, tudo mudava. Não haveria cristianismo. Sem cristianismo não teríamos a Igreja Católica. Sem Igreja, não haveria Idade Média, não existiria a cultura ocidental cristã, não haveria Renascimento, Reforma, Absolutismo Monárquico nem Iluminismo. Não teríamos a Declaração Universal dos Direitos do Homem nem os motes políticos de “fraternidade” da Revolução Francesa. Hoje nossa cultura seria outra, com outros valores e outras referências e, mesmo num blog como esses, em que conversamos sobre questões espirituais, nossas discussões poderiam ser sobre como melhor saquear o apartamento do vizinho, após o que os sobreviventes da ação beberiam em seu crânio.
Agora, se Cristo não tivesse o Plano, precisasse do SUS e fosse parar no Hospital da Restauração, no Recife, a tradição cristão ficaria restabelecida.

Essa sua história com os evangélicos é muito boa. Vira uma cena de filme.

Maurício disse...

RSRS, eu sabia que haveria alguma trapalhada sua nessa estória...

Beijos!

Anderson-kbça disse...

huahauahuahau, muito bom!!! acho que faria o mesmo...

loucura, loucura, loucura, como diria nosso amigo nariz-de-anjo huck!!

valeu a sexta!!

Susana, Zuçana, Suszana disse...

Muuuito bom!
Impagável!
aaai, rita, rita... uma delicia o seu blog!

Claudia Lyra disse...

Caraca, Tatiana! Quer dizer que, só porque eles não cultuam a Virgem, ela não pode ter direito às acumputuras?!? Tadinha...

Ana Paula disse...

AHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHA
AHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHA
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAH
HAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAH
...caralho, Tatiana..rs...
melhor resposta do mundo..rs...
queria ter visto isso...
:)

Danny Reis disse...

KAKAKAKAKAKAKAKA!

Anônimo disse...

Adorei.
Tô chegando amanhã.
Quero te ver, muié.
beijos.
Má F.

Arnaldo disse...

Menina! você é impagável!

Luciana Farias disse...

SENSACIONAL!!!!!

Querida (ó a intimidade, já, rsrsrsrs...). Vi seu recado lá no meu blog, você chegou em mim antes de eu chegar em você, que vergoooooonha, e olha que já meio mundo falava do teu blog... Sonekkito, Ana, Tania, etc...

Li um bando de coisas aqui, me diverti, linkei, não comentei antes porque a filhota maior estava fazendo trabalho no computador que não dá pau nos comentários, enfim... cheguei agora.

Também tivemos um Hermeto nas nossas vidas, só que ele não era um gato, mas sim um peixe, um acará-bandeira albino que um dia tivemos que levar pra vender com dor no coração porque ele batia em tudo quanto é peixe maior que ele e ainda tentava comer os pequenininhos. Mas já tivemos que passar pelo que você passou com o seu Hermeto, só que aí foi com o nosso pastor Alemão.

Que mais??? Ah, também sou meio doida, a minha família toda também é e não troco nada por isso porque ser normalzinho deve ser MUUUUITO chato!!!

Beijocas, Lu.

Vivien disse...

Eu queria era ver um show seu "!interpretando" essas crônicas.
Aí ia ter gente se mijando de rir.....rrs...beijos

quina vida disse...

HAHAHAHAHAHAQHAH

quina vida disse...

que tal começar a fazer shows "stand-up"? seilfeld ficaria com inveja.

Artur disse...

Hehe... Muito boa a estória.

Adriana disse...

Tati, como diria um aluno meu: o que é um peido pra quem está cagado!
hahahahahahahahaha
A resposta foi ó-tema!
Ri muito aqui!!!!!
rsrsrsrs
bjks,
Adri (m-música)