sábado, 3 de fevereiro de 2007

Pensamentos da cantora durante o show

Tá tudo em ordem. O som está muito bom, as luzes são simples mas iluminam.
Acho que a roupa ficou boa, esquisita, mas eu posso, sou artista e artista pode colocar um vestido sobre uma calça jens. Não tô com saco de ficar pensando em visual.
Eta teatro massa! Pena que fica nesse lugar tão ruim. Será que vai dar gente? Não acredito nisso, mas, por mim, toco feliz em teatro vazio. Eu quero mais é cantar!
Será que tem problema deixar minha bolsa no camarim, não vi chave na porta. Eu escondi a bolsa e não posso ir embora sem bolsa, cacete. Não esquecer a bolsa, não esquecer a bolsa.
Aqui não tem sinal pra avisar a hora de entrar. Tem que ficar ouvindo porque alguém vai anunciar.
Opa! Estão chamando!
Cadê os meninos? Caramba, nem uma velazinha eu acendi. Vai sem macumba hoje mesmo. Cadê os meninos? Isso, o nosso abraço grupal que antecede o show.
Vamos lá!
Puta merda, essa luz na minha cara não me deixa ver se o teatro tá cheio, tá vazio. Putz, será que eu coloquei a água no palco?
Tô bem, não tô nervosa, tá tudo certo. Cale a boca, Tatiana, veja lá o que você vai falar, hein? E, pela amor de Deus, não vai me soltar um caralho, uma puta merda! Controla essa boca.
Humm...bom entrada de JP. Veja só que o solinho saiu direito! Isso aí, negão, manda ver!
Xii, aquela canção que me desmontou no último show. Nada de emoção em excesso, segura a onda.
Cacetada, caiu um negócio aqui no meu olho, tá ardendo para cacete!! Bicho, tá ardendo mesmo! Não consigo abrir o olho de jeito nenhum. Assumo então. Fecho o olho, a música é triste mesmo. Caralho, tô chorando mesmo, mas é de ardor no olho! Que merda!
Hahaha, vão achar que é emoção! Mentira! É maquiagem... HAHAHA
To fungando. Vão achar que eu sou usuária de cocaína! hahahah... Que merdas foi essa que caiu em mim? Será que é pó de aranha? Sei lá, ácaro em pó? Conjuntivite súbita?
Outra canção e eu continuo chorando copiosamente. Só que essa canção não comporta choro! Vão pensar que estou tendo um ataque histérico. Caralho, eu vou esquecer a letra assim.
Não disse? Inventei uma letra na hora. Puta merda, tá ardendo pra cacete. Melhor eu explicar o que aconteceu porque esse chororô descontrolado tá demais. Será que eu vou ficar cega? O único lugar para limpar o olho é na barra da saia! Vai na saia mesmo.
Afe, passou. Graças a Deus.
Ai, puta merda. Meu salto prendeu na saia! Eu vou ficar pelada! Bendita hora que eu resolvi colocar um vestido tão decotado. Ou eu caio no chão ou o vestido desce, arrancado pelo salto. Ainda bem que tô de calça jeans por baixo, se o vestido cai, eu viro de costas!!! Mas eu tinha que ficar me mexendo assim? Soltei o salto do vestido. Definitivamente, não sou uma diva.
Como é mesmo que começa aquela canção? Puxa vida, esqueci como começa a canção! Vou dar mais um chorus de introdução e aí eu me lembro.
Nossa, olha quem tá na primeira fila. Ai, é músico. Olha a pressão, olha a pressão.
Será quem quem disse que veio, veio mesmo?
Não vejo porra nenhuma depois da segunda fileira.
Tô sentindo o suor escorrer pelas costas. Menina, que coceira no peito! Não dá pra coçar peito em pleno palco! Será que tá aparecendo peito demais. Eu não gosto dessa coisa de decote. Fico achando que vou ficar com tudo de fora!
O que foi agora???
Cacete, eu não consegui pisar no cabo do violão e despluguei tudo??
Cade o plug? Será que caiu o cabo no chão? Não, tá aqui! Puta merda, fez o maior barulhão. Mas o violão voltou.
Bruno tá massa! Se eu for na dele eu não saio do tempo. Bom ver ele do meu lado. Tá suando como uma tampa de cuscuz. Como eu.
Esse cabelo na cara tá me dando coceira no nariz. Só falta eu espirrar!
Que porra é essa? Quem errou? Eu?
Eita, o maior jazz! Essa música a gente sempre adianta. Eu, quer dizer.
Olha quem tá ali! Bonitinha, não é que veio mesmo?
Ugo tá feliz! Ahhh, desistiu de tocar o chocalho no samba? Amarelou! hahhah Melhor, vai tocar mal chocalho assim na casa do chapéu! Mas é bom olhar para ele! Feliz, esse moço.
Tá acabando! Gente, passou tão rápido.
Vou ficar sem violão para cantar a última. Tomara que os peitos não estejam de fora. Nunca mais toco com os peitos de fora.
Virge, até p JP tá sambando!! Eu vou sambar também! Todo mundo de pé, na platéia! Que lindo! Sambando!
Quem foi o filho da puta que gritou fiu fiu?
Ai, esqueci de falar do cd. Deixa eu fazer a propaganda!
Ai, acabou.
Que delícia.
Esse decote tá indecente, mas agora já foi.
Preciso fazer xixi, urgente.
Cadê os meninos? Quero um abraço dos meus meninos.
Puta merda, essa vida é boa mesmo!
Necessito de uma cerveja gelada!!
Bis? Eu não tinha pensando em bis!
Olha lá a adriana berrando: Nosso Amor!
É essa mesmo.
Lembram da canção?
Então vamos.
"... e no final tudo acaba em bosta"...
Nem sempre.

9 comentários:

Lígia Moreli disse...

quanta saudade...saudade mata a gente menina!!!! Como eu queria estar lá pra ver...Não esquece de mim não tá? Eu não esqueço do cê. Tenho certeza que o show foi lindo!!! Beijos! Quebra tudo!!!!

Carlos disse...

Eu estive lá e gostei muito. Vc e banda deram show muito lindo! O teatro é muito bom e gostoso. Tudo isso e gratuito, melhor impossivel, rs. Tinha bom publico sim.
Parabéns e obrigado

Vivien disse...

E eu perdi....;0((((
Gosto muito de "Nosso Amor", ultimamente ando cantando essa pela casa ( e as vezes acho mesmo...rs...que tudo acaba em booooossssttaaa...)
De mais a mais, minha amiga, Daniel ja disse que a vizinhança inteira ja decorou todas as suas musicas, de tanto que toca la em casa...ahahhah

Lais disse...

Poxa, perdi isso =/
quero shows no Rio!!!

beijos

Ronaldo Faria disse...

Belo show (mesmo sem ter ido). Beijos.
Cuide-se.

Anônimo disse...

SALVADOR TATI! VEM PRA SALVADORRR!!!
Puta merda!
Fico só no cd e no yotube...
Bjs chateados!
Liris Letieres

Bruno Sotil disse...

Minha querida,minha grande amiga, obrigado pelo prazer de te-la ao meu lado.!!!!!!!!
Um beijo grande, Bruno.

Fabricio Mota disse...

Muito legal.

Bjs

Claudia Lyra disse...

Ah, Tatiana, quem me dera ser cantora, ser artista... que coisa linda! Ainda vou ver um show seu, ainda vou ver!