segunda-feira, 4 de dezembro de 2006

O dias correndo sem parar

O ano já está acabando.
Mais um Natal, mais uma vez aquele perrengue de Natal que eu detesto.
Dívidas que me comem as pernas, todos os IP's da vida, carnês que se alongam até o meio do ano e a comilança que me faz ter culpa de pecar pela gula.
É sempre assim.
Mas este que vai embora vai cansado como eu, mas vai vitorioso.
Eu to feliz que ele acabe para que comece um novo ciclo de mudanças.
Preciso de mudanças, preciso de um sentimento de instigamento, de um desafio, de um friozinho na barriga.
Fechei alguns ciclos e está na hora de abrir outros e eu to bem feliz com isso.
Neste ano que entra eu cuidarei de meu jardim com mais cuidado. Molharei as plantas em todos os dias de verão e não deixarei nenhuma morrer à mingua.
Neste ano que começa eu manterei as minhas unhas pintadas de vermelho-volúpia porque vermelho-volúpia mudou a minha vida.
Não passarei mais de uma semana sem produzir alguma cosia nova. Um texto, uma canção, uma receita nova de bolo ou pão.
Eu vou acabar aquela colcha de crochê. Quem sabe no inverno eu possa usar.
Eu vou fazer yoga tres vezes por semana.
Óbvio que largarei o cigarro.
Eu tomarei mais banhos de mar e de cachoeira.
Eu direi mais vezes ao meus amigos e aos meus filhos que eu tenho amor em meu peito.
Eu aprenderei a ser mais tátil e demostrar meu afeto em carinho.
Eu vou lavar meu carro toda semana.
Eu falarei menos palavrões.
Usarei mais as vibrações das minhas mãos.
Serei mais cuidadosa com quem eu gosto.
Serei mais calada ( essa é realmente difícil).
Serei misteriosamente sutil. ( ha ha ha ha )
Darei banhos quinzenais em meus cachorros.
Aprenderei a postura da Garça sobre as mãos. Mesmo que eu quebre o nariz para conseguir.
Chorarei pelas razões verdadeiras.
Vou dançar para a lua em meu quintal em noite de lua cheia.
Tomarei mais banhos de mangueira.
Escreverei mais textos para o possível livro.
Voltarei a meditar.
Menos coca-cola. Hei de viver com menos coca-cola.
Não terei meus acessos de raiva xinguentos. Serei zen.
Este ano de 2007 eu serei uma nova mulher.
Eu serei mais mulher.

7 comentários:

Vivien disse...

Adoro listinhas. Sempre faço.
Tem uma coisa que sempre coloco que nunca fiz : viajar pra fora do Brasil...hum, mas esse ano vai!!!!
Beijos.

Ronaldo Faria disse...

Que assim seja. Seja mais, sempre mais. Tátil e Ana. Mulher. E também venda mais CDs para amigos... Beijos. Cuide-se.
Ronaldo Faria

Taïs Reganelli disse...

prometo que nosso natal terá umas comidas saudáveis e em pouca quantidade. não vejo a hora.

Mamy disse...

Ai... nada de listinha pra mim... não cumpro nada...
Boa sorte a você com seus alvos!

Morena disse...

Quero ver você feliz, sempre.Espero que todos os seus desejos se realizem.Portanto, cuidado com o que pede.Bjs

Clélia Riquino disse...

Minha lista já está na cabeça, basta colocá-la no papel, como você. Será que isso ajuda? Como forma de cobrança, talvez, pra ver se cumprimos, mesmo, o planejado, às vésperas de cada ano-novo...
Bjos

quina vida disse...

a gente nunca cansa de fazer votos e promessas para o ano que vem né?

o bom é quea gente coloca tanto o trabalho como o contemplar a natureza e as coisas simples num mesmo padrão de importância.

só não diga que vai ficar mais longe deste lugar aqui...
aliás, a senhorita anda sumida herim?

beijos do lado de cá