sábado, 4 de março de 2006

MÚSICA , INTERNET E MP3

Hoje, uma grande amiga me deu dois cdzinhos com a mimosa quantia de 243 músicas em MP3. Praticamente tudo puxadas da internet. Algumas dessas canções são de discos que não estão disponibilizados para vendas, tudo coisa fora do catálogo e que as gravadoras não vão relançar, com certeza. Se não fosse a internet e o MP3 estariam perdidas para sempre.

Meu primeiro cd eu não tenho a mínima intenção de relançar. Ao contrário, quer mais e botar coisa nova no mercado, aquele cd é de uma outra época, eu adoro ele, me diverti demais fazendo, tenho o maior amor do mundo, é o primogênito, mas é de uma fase que já passou e por isso pedi que fosse colocado todas as canções do disco lá no MPBNET .
Fiquei impressionada com a quantidade de música do cd que foi baixada lá do site!!!
Eu não imaginava que tanta gente pegasse música da internet. Ainda mais de mim, uma joana-ninguenha!!!! Daqui a pouco me transformo em uma cantora internacional porque quando a gringada descobrir o que a falsa baiana tem, aí o bicho vai pegar!!! Europa. Me aguarde.

Previsão de futuro:
Músico não ganhará mais com venda de cd. Só com show e com cd autografado. A pessoa que porque quer o cd do tal cantor, ama ele de paixão, rasga a calcinha e joga no palco, aquele que se arranha todinho por teu ídolo.. Bem...esse aí vai no show e compra o cd do cara, mas tem que ter autógrafo no encarte. Ou seja, quem compra cd , compra pra ter as letras em um papel pequenininho e poder olhar a assinatura de seu bem amado musical porque se quisesse só as músicas, era só pegar da rede.
Incrível isso.
Em pensar no tanto de fitinha eu gravei na minha vida só pra ter AQUELA música que eu amava e que eu não tinha dinheiro pra comprar o disco todo ( naquela época era disco mesmo). Aí eu ia lá, fazia uma fita só com as músicas que eu gostava. E todo mundo fazia isso. Ninguém era chamado de pirata. Tudo bem que as vezes a fita ficava uma merda, se embolava toda dentro do gravador, tinha chiado de tudo que é jeito. Uma merda mesmo. Mas tinha lá seu charme. Limpei muita fita de mofo. E nunca conseguia colocar aqueles metros todos de fita do jeito certo e aí embolava tudo e eu morria de ódio da minha falta de jeito.
Pois é..os tempos são outros mesmo.
E eu to adorando essa modernidade.
Tô rebelde. Quero mais que todas as multinacionais, as gravadoras que pagam jabá, que enfiam pela goela a baixo um monte de merda caiam no chão, uma a uma, e o império dos independentes tomará conta do mundo, em uma grande esculhambação musical!!!!

HahahaHAHAHAHhahahah ( risada de cientista louco)

2 comentários:

Dora W disse...

Ahahaha.

Eu adoro ler seu blog. É muito leve e divertido.

Eu também baixo muita coisa da net. CD é muito caro, e como vc disse, na maioria das vezes, só gosto de uma ou três músicas, no máximo.

Mas é claro que compro CDs tb. Mas só do ídolo, como vc mesma disse.

Há alguma previsão de fazer um showzinho no Rio? Em Nikiti? :)

Ronaldo Faria disse...

Se depender de mim, você ainda assinará muitos CDs. Espero que tenha aproveitado Socorro.
Cuide-se.
Ronaldo Faria