sexta-feira, 28 de maio de 2010

A lua ontem me dizia acalantos e eu dormi em seus braços lembrando dos olhos de jabuticaba.
Licor na língua também arde.
A casa continua me abraçando e eu gemo toda. Cada dia é um detalhe a mais firmando meus pés no chão.
O trabalho é muito e de todos os tipos. Crianças por todo o lado.
Tantos abraços miúdos, tantos olhinhos, tanto riso.
ainda não chegou o momento de fazer outras músicas, mas eu sinto que aqui farei muitas canções.
O futuro é meu.

2 comentários:

Anônimo disse...

Tatiana, como vai? Bem, é claro! Fico feliz ao ler tanta coisa boa e boas mudaças. Já há algum tempo eu li sobre seus cuidados com as crianças e veja quantas, a vida te manda o tempo todo... sinal de que é sempre boa mãe, além dos seus "chama" mais pequenos para sua volta. As vezes os pequenos não são mais tão pequenos assim acha visto que um dos seus comemorou 21 faz muito pouco tempo.
Parabéns! Parabéns por esta maternidade linda, por esta vida nova, por projetos de mais músicas e por tudo. Temos sempre o que merecemos, nem mais nem menos mas tudo na intensidade exata!
abraços
India

Georgiana disse...

Andei sendo abraçada tb
ainda falta tanto para terminar de arrumar meu quarto... parece que nunca acaba!