sábado, 26 de setembro de 2009

Na minha mão tem uma espada. Alguns percebem claramente isso, outros precisam ser futucados por ela pra se dar conta de sua existência. Mas o fato é que eu tenho uma espada nas mãos e não tenho medo de usar.
Agorinha eu estou sentada calmamente afiando o fio de minha espada. Lentamente. Cada movimento me faz ir mais ao fundo de mim, de minha intenção. Só se ouve o som da pedra contra o aço. Um tipo de lamento.
Eu sei usar a espada mas nem sempre sei a hora exata de usar, mas pelo menos sei que tenho uma espada na mão.
Na hora certa, cabeças rolarão e fincarei minha lâmina na rocha.
E não me lembrarei de chorar.

3 comentários:

Morena disse...

É ...parece que cabeças vão rolar!

Ju Hilal disse...

Uôu....

Claudia Lyra disse...

Cara... esse pessoal que não percebe que a gente anda armada...