quinta-feira, 13 de novembro de 2008

momento saúde

Venho reclamando de cansaço faz é tempo. A correria, as emoções todas, as lágrimas, as intensas gargalhadas, as cantorias...tudo isso colabora pro meu cansaço.
Semana passada fui a praia. Comi peixe, lula, molhei o busanfão na água do mar mas voltei com um resfriado que me faz cafungar até hoje.
Tô nem aí pro resfriado. Vou acampar! Uma semana na praia, na outra montanha.
Aí eu fui na Decatlon que vende material esportivo e que meu filho já me disse que eu não devia ir porque eu fico doida lá. Só fico pior na Leroy Merlin. A Leroy Merlin é outra perdição.
Bem, fui lá na Decatlon e comprei um kit acampamento porque eu decidi que vou acampar pra caralho.
Tenho uma barraca que você joga pro alto e ela faz plaf! Tá montada! Não é uma maravilha isso? Você não precisa ficar enfiando varetinha em lugar nenhum. A foto que tinha lá na loja era um cara jogando uma barraca pro alto e ela...plaft...tava aberta. Eu acho que se tiver vento vai ser uma merda sair correndo pelo campo atrás de uma barraca voadora, mas isso são detalhes. Só fui me dar conta que deve ser a maior merda fechar a barraca quando eu já estava em casa. Outro detalhe. Se eu não conseguir amarro a barraca no teto do carro e volto assim.
Colchão inflável e saco de dormir porque eu gosto de mato mas detesto frio. Um kit completo pra eu ficar de boa mesmo!Comprei até lanterninha!
Agora meu sonho de consumo é um canivete suíço, não é mais uma serra tico-tico. Uma aventureira precisa de um canivete suíço, não é verdade? Tô louca por um canivete suíço. Pequeno porque eu com um canivete suíço na mão em dia de ruim posso fazer um estrago. Será que vendem canivete suíço sem ponta? Igual tesorinha de criança? Bem, não importa.
Qualquer coisa eu levo uma faca mesmo. Sabe aquelas facas que a gente prende na coxa? Sempre tive vontade de andar com uma faca presa na coxa mas eu acho que é proibido. Arma branca, nè? Eu também tenho medo de mim com uma faca na coxa. Tudo bem, não prendo faca em lugar nenhum.
E preciso também comprar outro chapéu feito de lona reciclado para combinar com minha bota de caminhada.
Agora imagine a cena: eu, barraca que se monta sozinha, chapéu de lona, bota de caminhada, canivete suíço, faca na coxa...não é a sapatona completa? Só falta a serra tico-tico, aí fechou!
Apesar de eu achar que serra tico-tico não tem nenhuma utilidade no campo.
Mas to cagando e andando pra meu estilo sapatão rústico porque agora, com a barraca nas costas ( linda, vermelhona) ninguém me segura!
Preciso saber quais são os lugares que valem a pena conhecer porque eu vou em acabar nessa vida saudável do campo e da praia.
Natureza! Aí vou eu!

11 comentários:

Anônimo disse...

natureza selvagem

Anônimo disse...

assiste into the wild !

Tatiana disse...

não. tenho medo de desistir da minha sede de aventura

Ju Hilal disse...

Hahahahahahahaha
Faca na coxa é de matar. Sapatona rústica total.
Muito bom. Queria estar lá prá ver.
Isso não vai prestar...rs
Loba selvagem.
Beijão

Anônimo disse...

...to vendo a cara da Tomb Raider ...hahahaha...tenho uns canivetinhos aqui mais são td made in china , quer?....só vc mesmo ...bjo Gô

Tatiana disse...

Hilal ( ahhahahahahahahahahahhaha)
A Rocha aqui é dada a essas coisas rústicas.
Nordestino adora uma peixeira boa de corte!

Tatiana disse...

Gô!
QUERO! QUERO! QUEROOOOOOOOOOOOOOO!

Vanessa disse...

Mulher corajosa. Deixei um selinho pra Coisa Rara no Fio e vc nem foi buscar. Snif, snif.

Magoei

Fique com Deus

Tatiana disse...

Vanessa
Me perdoe...

Marina F. disse...

amiga, tô super empolgada.
Amanhã tô aí.
Vc tem uma barraca sobrando pra me emprestar?
beijooooooooos.

Georgiana disse...

Para vc se divertir já que torna minha vida tão melhor em alguns dias!
http://www.chocolataveccafe.blogspot.com
Boa aventura. Sou avessa a mato... sou muito urbana. às vezes, tenho vergonha das frescuras da minha vida. Mas, a vida na cidade é tão boazinha!