sexta-feira, 4 de julho de 2008

vai dar merda

Sabe aquela sensação que vai ter alguma merda?
Alguma baixaria, alguma gafe, alguma coisa bem terrível?
Sabe aquele aperto na boca do estômago toda vez que se pensa naquilo?
Pois é. Hoje toco em um evento fechado e algo me diz que não será uma coisa normal, banal e legal.
Penso nas possibilidades:
1- Quem me contratou estará bêbada fazendo a dança do créu na cara do dono da empresa. Não vai se lembrar do valor do cachê combinado.
2- Não receberei o cachê combinado.
3- O outro grupo que vai tocar será um vexame e eu sofrerei por eles. Vergonha alheia, saca? Eles também não vão receber o cachê combinado.
4- Vão derramar maionese de atum no meu sapato vermelho chiquérrimo, eu vou matar um e serei presa. Não receberei o cachê combinado.
5- Vão querer tocar pop rock no meu violão, eu não vou deixar, o cara vai me insultar, eu vou dar uma resposta azeda, ele vai apelar, meu namorado mimoso e miudinho vai dar um cacete nele e não vou receber o cachê combinado.
6- Vão me pedir pra tocar forró, pra animar a festa. Não tocarei e não vou receber o cachê combinado.
7-Todos os dançarinos afros estarão sem cueca e eu vou ver um biléu negão, terei um ataque de riso, tropeçarei no fio do microfone, derrubarei o arranjo da mesa principal e levarei um cutucão bem doído na costela e terei que jurar que não vi nada de ninguém. Não receberei o cachê combinado porque vão me cobrar o show à parte. Aquele do biléu.
8- Trocarei o nome da manda chuva várias vezes seguida e terei certeza que eu já o vi na boate gay lá do Cambuí. E vou perguntar se é ele mesmo. Não vou receber o cachê combinado.
9- Haverá um longo discurso, eu darei um espirro alto e escandaloso e cairá meleca na mesa de frios. Vão descontar os custos do bufê e não receberei o cachê combinado.
10- O ob super não vai dar conta do recado. Eu ficarei morta de vergonha e vou abrir mão do cachê combinado por pura vergonha.

Não sei ao certo, mas alguma coisa vai acontecer.
Essa intuição feminina é que me ferra!

2 comentários:

MARIA DE SANTOS disse...

E AI, DEU MERDA?? CONTA

Tatiana disse...

Ms é claro que deu, né?
O evento que devia ser um eventão não era nem evento! Não tinha quem tinha que estar e é óbvio que eu acertei o desfecho deste samba.
Mais de vinte anos de noite ajuda muito. Mas não muda os desfechos.
Lástima...uma bosta mesmo!