domingo, 20 de julho de 2008

Essa minha mãe!

Minha mãe mudou-se do Vale do Capão para Subaúma, litoral da Bahia.
Da montanha para o mar. Está feliz, risonha, cheia de planos novos.
E o mais legal - realmente adorei esta história - é que ela, aos 70 anos resolveu que vai aprender a surfar. Comprou uma prancha e está tendo aulas. Diz que tirar uma foto com o bisneto, filho de meu sobrinho, vestida com roupa de neoprene , ao lado da prancha, com o pequeno nos braços.
Me diz que quando caminha para o mar com sua prancha, todos param para observar. Tá virando a sensação do lugar.
Mãe, pelo amor de Deus, não entre em mar virado. Cuidado com as ondas muito grandes. Mãe! Seu pulmão de fumante vai explodir!!!
Ela ri alto e diz que vai desligar. Tem gente na porta da casa dela. Vai haver uma roda de violão e ela vai cantar por lá.
Desligamos e eu fiquei com um sorriso nos lábios.
É. Essa é a minha mãe.
Minha mãe não é o máximo????

7 comentários:

anna v. disse...

É o máximo. E o melhor de tudo é saber que, querendo ou não, sempre ficamos iguais às nossas mães.

Amanda Mezêncio disse...

É sim Tatiana.
Da até alegria de ler! =)

Ótimo dia pra você.
beijos.

Menina Eva disse...

Ai, que barato, Tati. Me deu até idéia pra falar sobre a minha. :D

Rodrigo disse...

Isso sim, é vida Tatiana!

Sua mãe está certissíma, tem que aproveitar mesmo, sempre é tempo para se viver.

Marina F. disse...

ótema a sua mãe!!!!!
amiga, tenho tantas novidades, tantas, tantas, tantas.....

Vivien Morgato : disse...

Eu digo pra minha mãe que mulheres como ela mataram as vovozinhas....rsrs....tuuuudo vó do paraguai.;0)
beijão.

Danny disse...

É daí que vem essa muié porreta que escreve por aqui!
=)