segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008

Balada com o filho

Foi primeira vez que saí com meu filho mais velho ( 18 anos) para uma balada. Um tipo diferente de emoção.
Fomos na Casa São Jorge que estava tendo um som brasuca, coisa de primeira qualidade , e eu poderia mostrar ao meu rebento que existem coisas muito boas além do tecno e de música eletrônica.
Era um tal de eu apresentar o moleque e ninguém acreditar que eu tinha um filho daquele tamanho, mas na hora que ele sorri, não dá pra negar que é meu filhote!
Muito bom dançar um samba rock com o filho! Muito bom!
Mas confesso que é meio estranho vê-lo beber cerveja e ainda falar:
-Pede uma cerva na minha comanda, mãe!

Aí ele foi ao banheiro. Logo depois eu fui. O salão lotadaço! Minha cabeça pelo menos um palmo acima das outras cabeças, um puta saltão alto de quinze centímetros. Um vestidão tomara-que-caia. Na volta do banheiro encontro o filhote bem no meio da muvuca, na frente da banda. Olho para ele, faço caras e bocas, não falo nada. Ele me olha, faz cara de garanhão mexicano, uma troca de palhaçada muda e eu volto para a mesa e ele fica lá.
Daqui a pouco chega ele se acabando de rir.
-Mãe, um cara chegou pra mim e disse " pô, cara, xavecando travesti! " e eu disse de volta " fica frio, não é travesti não, é minha mãe! ".
O foda não é isso. O foda é aguentar a gozação dele e do Ugo.
Minha fantasia de carnaval tá pronta.
Travesti!

6 comentários:

Claudia Lyra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudia Lyra disse...

Huahuahauahua... travesti, Tatiana?!?!?!?!? Sacanagem!!!!

Uma vez estavam meu filho mais velho e eu num treco que, pra não complicar muito, vamos chamar de barzinho. E um cara começou a me assediar. Só que o sujeito, numa hora lá, resolveu colocar a mão em mim e meu filho o segurou, já pra partir pra briga. E o cara: "é seu namorado?" E eu: "não, é meu filho." E o cara: "seu filho?!?!?!?!? tá doido!!!". Saiu fora rapidim, hauhauahuahau...

Morena disse...

hahahahahahahahahahahahahahahaha !!!!!
Essa foi demais ....

Carô disse...

Eu diria assim... A VINGANÇA DE NADIR, hahahahahahahahahahahahaha :-)
E o mais bacana é que você nem precisou ser operada pra ter meu afilhado (gargalhadas, muitas, muitas e muitas)
Beijo, tô com saudades!

Tatiana disse...

Não sei porque que eu conto essas coisas...

Luciana Farias disse...

HAHAHAHAHAHAHAHA!!!!

Pior que, pra variar, nunca sei do que eu rio mais: se do post ou dos comentários...

beijão!!!