quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Morro de São Paulo - BA






Morro é um paraíso. Lindo de dor e com mais gringo do que brasileiro.
Uma ilha que se chega por barco. Vai até Valença e se pega a balsa ou a lancha rápida. Em 40 minutos se está em Morro. A viagem pelo Rio Valença é rápida e muito divertida. Ainda mais para nós que chegamos de noite e eu jurava que nossa lancha estava completamente escura. Uma paulista louca berrava do meu lado e eu pensava se era o momento de dar uns tapas na cara dela. Outro paulista enjoava e Ugo deslizou alguns bons centímetros para longe dele.
Tem um morro lá com um barro colorido, meio amarelo, meio rosa. Todo mundo se cobre com aquilo e sai caminhando pela praia. Lóooooooooooooooooogic que eu quis fazer isso também e ainda convenci o Ugo. Essa foto aí é meu momento mulher pré- histórica, sobre uma pedra, dando meu grito de guerra. Muito terapêutico.
Acima, eu sobre uma canoa que estava lá longe e eu cismei que conseguia subir naquilo. Mais uma raladura para a minha coleção.
Praia limpa, água quente, gente bonita e gringo para todo lado.
Andamos uns 10 quilômetros nesse dia e descobrimos que os músicos que tocam por lá são meio doidos...
Vale conhecer este lugar.

2 comentários:

Anônimo disse...

é um rabo de sereia no fundo da tua foto do mar?!!? hahaha
beijos!!
ow terra boa a bahia, virgi!!

Ana Paula Marsigli.

Danny Reis disse...

Hum, os que tocam lá... E os que tocam em Campinas? Os que tocam no Rio são todos doidinhos! =)