segunda-feira, 30 de julho de 2007

Se mais uma mulher tiver uma crise, por mais mínima que seja, de ciúme da minha pessoa, eu dou um grito!
Mas que porra!
Eu quero xingar. Me deixe xingar.
Vai todo mundo tomar no cu.
Ciúme de cu é rola.
Pronto, xinguei.
Deixa eu te explicar uma coisa. Eu não deixo rastro. Eu não dou bandeira. Eu não deixo pistas.
Eu sou absolutamente discreta. Sou praticamente a Mata Hari do amor. Sabe aqueles desenhos animados - você deve assistir desenhos animados ainda - em que o cara sai correndo, tic tic tic tic e some atrás de uma árvore fininha? Pois é. Sou eu. Sabe aquela criatura da noite que ninguém vê chegar e muito menos vê sair? Menina, sou eu também!
Diáfana. Sou diáfana quando é necessário. Quase não pode ser vista.
Ninguém sabe de porra nenhuma que eu faço porque eu não quero. No dia que eu quiser, sabe. Mas se eu não quiser, ninguém sabe.
Isso aqui é teatro, é uma mistura de ficção e realidade. Você acha, sua estúpida, que eu ia botar o meu na reta? Que vou colocar o ouro na cara do ladrão? Tá doida, minha filha?

Outra explicação. Eu não me envolvo com homem casado, com homem comprometido, com homem apaixonado por outra, nem com homem que cospe quando fala, mas se tá livre e não é babão, minha filha, eu posso perfeitamente matar no peito e chutar pro gol.
E se eu fizer um golaço, menina, ninguém vai saber.
E sabe por quê?
Porque eu tenho 25 anos de sacanagem nas costas. Mais tempo que você tem de vida, criatura. Quando você nem pensava em bater siririca, eu já tava era fazendo filho.
Então, sai pra lá com tuas miguxices, e me larga, cacete.
Porque se eu quiser cair na perdição, não vai ser pela internet que você vai saber.
Bobona.


PS - Eu tava aqui pensando...olhe, criatura, se a coisa for comigo, fique sabendo que eu não gosto de mulher. Não para sacanagem, viu?

8 comentários:

Claudia Lyra disse...

Ai, ai... que povo besta, sô!!

Anderson-kbça disse...

huahauahauahauahuaahua. resumindo. um tapa na cara!!!!

muito bom, muito bom.

Morena disse...

Tati, que poder é esse de atrair gente doida .... só da maluca.E, mulher insegura é um verdadeiro pé no saco. Canta pra subir.

Marina F. disse...

Tati, é que você é muito irresistível...
beijos.

Ana Paula disse...

ahahahahahahahahahahahhaahah
q anta..rs..
:)

MonikMusic disse...

VIXE!!!

Vivien disse...

tabefe nela...rs

Lord Broken Pottery disse...

Tatiana,
SObrou alguma coisa pra ser dita?
Beijo