terça-feira, 17 de julho de 2007

Hoje eu ouvi um arranjo de uma canção minha que me fez chorar.
Chorei ali no estúdio, ouvindo o violão de Ulisses Rocha - puta merda, não é qualquer violão - com minha amiga querida cantando sobre a gravação porque a voz ainda não foi gravada.
Chorei de orgulho de ver uma canção que eu fiz -junto com a Catina DeLuna - sendo cantada lindamente. Catina, você tem que ouvir, menina. Tá uma coisa de louco!
Chorei de emoção porque a letra é triste para cacete, quando eu fiz eu estava muito, muito só e a letra fala dessa situação. Uma das letras mais trsites e lindas que fiz. E hoje bateu no meu peito e reverberou.
Chorei de felicidade por ver mais um talento aqui de Campinas botando para quebrar, por ter uma coisa daquele quilate, por daqui a pouco ter mais um cd aí na praça e eu vou no show e vou bater palma e vou berrar maravilhsa, divina, gloriosa, porque quando eu to junto, eu to junto até na hora de ser tiete boba!
E saí de lá pensando que a compositora tá aí na vida. Que a Tatiana-cantora tá aí também, mas a Tatiana-compositora tá se fazendo ouvir e isso me enche de satisfação e eu fico ali babando as canções que os outros cantam, vendo como é que elas ficam nas mãos dessas outras pessoas, e fico orgulhosa, fico feliz, fico assim...besta!
Ai, eu to feliz!
Puta merda, eu to feliz!

6 comentários:

Anônimo disse...

Querida, eu te acho uma super compositora. De verdade.
beijos.
Marina F.

Ana Paula disse...

... e isso ainda é apenas o começo...
:)

Claudia Lyra disse...

Poxa vida... deve ser uma coisa maravilhosa isso!!!

Adriana disse...

to feliz por você, Nenê! Te digo mais, são essas coisas que fazem a vida valer à pena! Exatamente estas felicidades...
bjks de Nini

Lord Broken Pottery disse...

Tatiana,
É uma emoção que já senti e sei bem como é. Tive a sorte de um dia, há muitos anos, ter um soneto meu musicado e depois cantado. É um alumbramento. Emoção para a vida inteira. Felizes os compositores.
Beijo

Anderson-kbça disse...

nossa, deve ser maravilhoso mesmo... deve ser muito bom...

Pior que são esses tipos de letras que são sucesso. Não mas acho que nossa gente precisa de alguém sofrendo para escrver uma coisa sofrida para acabar com um sofrimento. estranho, não?

abraço.