quinta-feira, 12 de julho de 2007

Eu emagreci bastante e minha bunda sumiu.
Tenho aprendido a andar de costas, a sair de ambientes assim....meio de ladinho....
Uma amiga sugeriu calcinhas com enchimento e eu acho isso uma sacanagem. A versão feminina da meia na cueca. Não dá pra ser tão dissimulada e causar tantas decepções, isso cria karma ruim. Não acho apropriado.
Europa. Meu destino é a Europa onde a bunda não é a preferência nacional.
Tá vendo que tudo tem um preço?
Tô com uma barriga quase de tanquinho, mas a bunda, coitadada minha bundinha, também atancou-se.
Não dá para ter tudo nessa vida.
Bosta.

18 comentários:

Lord Broken Pottery disse...

Tati,
Bom mesmo é ser/estar magro. O resto é conseqüência.
Beijão

Lord Broken Pottery disse...

Tati,
Volto pra te fazer uma pergunta: onde encontro o Cantanças? Será distribuído normalmente nas melhores lojas do ramos?
Beijão

Luciana Farias disse...

Vixe... o meu problema atualmente é estar com tudo de mais. Bunda demais, peito demais, barriga demais, perna demais... auahahahahaha

beijão!

Tatiana disse...

Lord
Mes que vem tá na minha mão o cd infantil Foi para a fábrica esta semana.

Claudia Lyra disse...

Quando eu emagreço, minha bunda é a primeira a sumir. E, pra me matar de raiva, é a última a aparecer quando começo a engordar...

Anônimo disse...

Tati, você é super linda , com ou sem bunda. Olha, estarei aí neste findi. Vamos nos ver mesmo mesmo? Morro de saudades.
bj.
Má F.

Anônimo disse...

Tati, um pouquinho de barriga e bastante bunda é a receita.
Esse negócio de tanquinho é frescura de viado. É igual essa paranóia com celulite. Q homem liga prá isso?
Quanto ao essencial, Tati, meu pai já dizia:
- Meu filho, uma boa bunda já é meio caminho andado!
O bom da história é que dar uma engordadinha é fácil e delicioso
Agora conta direito esse negócio de Europa.

Zéfiro, ligeiramente borracho disse...

Tati, anõnimo é o cacete. Este comentário aí de cima é meu e como sempre assino. Acontece que meu computador está um pouco rebelde e hoje está fazendo o que quer. Foda-se. Passei a vida fazendo isso.

Tatiana disse...

Agora eu digo.
Eu não fi nada para emagracer. Somente muito samba no pé, pouco comida e algusn cigarrinhos.
Quando vi, bum...lá tinha ido embora a minha bunda...ô dó...
Eu não quero ter celulite porqu eu reparo!

Tia Futrica disse...

Tati, por falar em bunda...
Você está deixando as histórias pelo meio.
Sacanagem com sua legião de leitores.
Afinal vc comeu o bofe do tricô? Pôs ele prá fazer um ponto cruz credo?
E o bebê anabolizado? Fêz barba e cabelo?
Conta vai...
Ajoelhou tem q rezar.

Avó Portuguêsa disse...

O que estás a fazer acordada a estas horas, ó menina?
Vais dormir que amanhã tens que acordar cedo, vais.

Menina Lunar disse...

como diria Maria Rita, "nem toda feiticeira é corcunda, nem toda brasileira é bunda..."
tá ok q é a preferência nacional, mas não podemos realmente ser perfeitos...
agradeça a Deus não ser dançarina de axé e ficar desempregada.
=]
adorei aqui!!
mil bjos

Ana Paula disse...

e ainda assim ela faz um sucesso, gente...
parabéns, viu Tatiana..rs...pa-ra-béns!
ahahahahahahahahahahahahahhaahhaah
:)

Anônimo disse...

acrescente um tic-nervoso:
contrair a bunda de tempos em tempos enquanto trabalha,canta, dança e come. rs

Tatiana disse...

Titia,
Agora é a hora de usar a imaginação. Põe a cachola para criar!!!

Tatiana disse...

Muito obrigada pela sugestão, caro anônimo, mas se ficar contraindo a bunda a todo momento e em qualquer lugar vai parecer que eu to oxiúros, saca? Aquele vermezinho?
Não vai pegar bem.

Fernando disse...

Mas você sempre pode dizer que é seu oxiurus de estimação. Não quer saber de desgrudar da sua bunda, tem o maior xodó com ela. Ante o olhar perplexo do cara, você arremata:
_Não saio de casa sem ele.

Adriana disse...

Pois é... Tati, vem pro Rio que eu te faço uma dieta de engorda! Molinho vc volta pra Campinas e até ganha a chave da cidade, de tão popozuda que vc vai ficar! rsrsrsrsrs
Bjks,
Nini