domingo, 17 de junho de 2007

Eu sou uma loirona portuguesa. Essa é a verdade.


É.
Caem as máscaras.
Essa é a minha verdadeira natureza e a prova da minha irmandade com um certo compositor, que afirma que além de irmãos, somos gêmeos.
Fiquei chocada quando ouvi meu companheiro de banda me dizer: porra, tira a xoxota da boca, mulher!
Mas, meu bem, eu tenho descendência lusitana, pois pois!
Então me retei, depilei meu leve buço e pintei o bebelo.

Mas quando eu me deixo ao natural, fico a cara da família.

8 comentários:

Claudia Lyra disse...

Menina, parece até que você está tentando engolir um yorkshire terrier!!! Hauahuahauhauh...

Mas amei seu novo enfoque musical, viu! Afinal, os cumpinzeiros são mesmo muito emocionantes e curam qualquer depressão.

Cristiano disse...

que medo!

heheheheheheeh

Danny Reis disse...

Cruzes!!!!! Hahahahahaha!

Tatiana disse...

É..parece que não agradei ao natural

Tatiana disse...

Cláudia,
Cupinzeiro é tudo...

Ana Paula disse...

se for quem eu to pensando ficou a cara mesmo...ahahahahahahahahahahaha
família talentosa, não?
ahahahahahaahahahahaahahahahahahahaha
:)

Lord Broken Pottery disse...

Que mustachão!

Luciana Farias disse...

não sei do que esse povo ri, eu achei que ficou é muito bonitinha assim...

KAKAKAKAKA