domingo, 23 de abril de 2006

Definitivamente, domingo não é dia para se trabalhar.

Eu trabalho sempre e em qualquer circunstância mas declino propostas de trabalho no domingo porque domingo é dia para o NADA.
Nada é muito produtivo. Só consigo ser artisticamente produtiva se não tenho nada pra fazer e as ondas criativas tomam conta de mim.
Domingo não é dia nem de compor.
Não deveríamos nem comer no domingo porque dá muito trabalho fazer a digestão.
Domingo é dia de não pensar, não gastar energia, não perder tempo fazendo outra coisa além do nada.
Mas parece que só os cristãos ortodoxos concordam comigo, o resto do mundo é cheio de idéias animadinhas no domingo.
Especialmente domingo pós aniversário. Deveria ser o mais NADA de todos.
O pó da casa deveria se auto-desintegrar. As crianças deveriam se alimentar de luz, como samambaias, todas as crianças deveriam se transformar em samambaias no domingo. Tipo uma lei. Hoje, domingo, nenhuma criança precisa comer comida saudável ou comida que precise ser feita por um tipo de adulto chamado MÃE. Melhor ainda, hoje, domingo todas as mães estão em estado de hibernação catatônica, só podem produzir amor em forma de ondas e jamais em forma de gestos. As mães ainda amam, mas não precisam provar isso fazendo o almoço de domingo.Não! Desnecessária esta demostração de amor. Vamos todos jutos ficar ao sol fazendo a fotossíntese. Uma família de samambaias absorvendo a energia solar.
Seria perfeito.
Deveria ser proibido se abrir caixas de e-mail alternativos e descobrir 789 e-mail esquecidos lá. Desses 789 e-mail uns 10 são importantes e precisam serem descobertos por debaixo do lixo eletrônico, mas logo hoje, no domingo? Impossível. Que caiam sobre mim toda a pilha de e-mails esquecidos. Quero que se fodam todinhos, um a um.
Os cachorros deveriam ser proibidos, também por lei celestial, de atacarem senhoras que andam em garupa de motos obrigando os filhos desta de ligarem no meu celular avisando do fato. Cachorros deveriam descansar nos domingos e não morderem senhoras motociclistas, mesmo se elas fossem as rainhas do tráfico do São Fernando. Por causa disso, cachorros ficam trancafiados no quartinhos do fundo da casa, meditando sobre a existência canina e do sabor de uma perna meio varizenta de uma senhora com calça jeans. E deveriam também fazer a fotossíntese. Junto com sua família.
Domingo é dia do NADA mas ninguém me dá bola e ainda querem que eu vá a um bar e sofrer pra cacete vendo metade do mundo fumando Marlboro vermelho e o controle da vontade é uma coisa muito cansativa.
Por causa destas divagações, dormirei as 7 da noite e nem quero sonhar porque pode me dar trabalho.
Preciso do nada!!! Quero o nada!!

PS: Me diverti deveras com a festa-bar de ontem. Voltei pra casa as 4 da matina. Sóbria, sem bafo de cigarro e com uma fome da prra prque esqueci de comer. Mas valeu a farra.
Obrigado a todos qe compareceram. ADOREI!

10 comentários:

Cleide disse...

Tatiana.
Fui ontem te ver cantar, você canta lindo, lindo.
E, como já havia me avisado minha amiga Eva, vc escreve lindo, lindo.
Parabéns pelo trabalho e pelo blog.
Espero te ver cantar mais, sempre..

Beijo.

CLICK disse...

Tati Veja esse músico, o que ele faz no domingo...
http://orapois.com/mostrar.php?idpiada=10039&cat=63&tit=op

A coisa tá feia !!!!

Eva disse...

Tati!
Pela primeira vez tive o prazer de te ouvir cantar: e AMEI!!!
Amei tbm poder compartilhar com todos que estavam no bar o seu aniversário, e o mais importante: não precisar te dar um tapa na mão!Hahahahah
Prazer e espero que a próxima seja breve!
Beijo

Moacir Caetano disse...

mas certamente domingo é, sim, dia de vir aqui te ler!
beijos!!!!!!!!!

ah, dá uma passadinha aqui quando puder:

http://moacircaetano.castpost.com

Ronaldo Faria disse...

Concordo: fotonossínteseno-mos, pois...
Ronaldo Faria

Claire disse...

A fotossíntese é uma maravilha!
Principalmente quando se tem água suficiente, aí é uma beleza!
Eu queria ser um ser fotossintetizante, queria sim...rs

Beijo.

Andréa Reis disse...

Adorei a fotossíntese. Ainda mais que precisa do sol... adoro ficar no sol para me esquentar... desconfio que não produzo calor interno suficientemente... preciso do sol para não morrer de frio... faz parte da fotossíntese
Bjs
Andréa

Elder Marco disse...

Isso é verdade. Antes era o sábado mas agora deveria ser o domingo!
No domingo também deveríamos fechar os olhos e capotarmos na cama e só acordar na segunda, quando aí sim deveríamos fazer alguma coisa!!


Bjos

Eu estava fazendo uma busca sobre mim mesmo no Google e encontrei seu blog. É que eu usava esse endereço antes...rsrs
Gostei dele e vou ler daqui pra frente

Vivien disse...

Mandei esse texto pra alguns amigos....tenho que fazer propaganda desse blog! beijão.

Márcia Nestardo disse...

Fotossíntese aos domingos foi uma idéia iluminada.
Adorei, Tatiana.