quarta-feira, 8 de março de 2006

Dia Internacional da Mulher

Que diabo é isso?
Dia de quê?
Pra quê?

Eu não entendo isso.
Mulher é isso, mulher é aquilo.
Bobagens. Tem mulher de todo jeito.Tem mulher que joga filho na lata do lixo do mesmo jeito que tem pai que molesta filha, que bate na companheira.
Tem mulher forte pra caramba, mas tem algumas que são uma maria-mole. Tem mulher má, mulher mesquinha porque mulher é gente e tem gente de todo o tipo.
Faço um paralelo com o mundo animal.
Tem alguns bichos que vivem em matriarcado total. As abelhas, as ienas, os elefantes. Nestes grupos quem manda é a fêmea.
Em quantas casas quem manda é a mulher? Ou por falta de opção ou por o marido ser uma banana. Tem outro jeito? Não, então vamos lá!!! Mas também quantos homens seguram tudo na casa sozinhos? Quantos? Alguns até com filhos. No fim tudo igual.
Nos grupos de leões, as fêmeas são responsáveis pela caça, vivem em grupo, respeitam o leão, mas são um grupo fechado, só de fêmeas. Dão uma bimbadinha com o macho, porque ninguém é de ferro, mas não precisam dele para nada.
Você não conhece um monte de mulher que age exatamente assim?
Tem bichos que sempre procuram seu par e vivem com ele o resto da vida. quando o par morre vivem solitários até o fim.Conheço um monte de mulher arara, cisne, lobo. Tudo solitária depois de perder o grande amor e não ter forças nem vontade para correr atrás de outro.
Existem grupos que o patriarcado é total e absoluto. Os hipopótamos são assim. Um macho e várias fêmeas. Os gorilas, os macacos. Se alguém sair da linha, o pau come e o macacão rei desce o braço e todo mundo entende essa situação, aceita e vive em paz.
Te lembra alguma coisa? Alguém?
Pois o que eu digo é que tem mulher de todo jeito.
O que é certo seria direitos iguais para todos. Brancos, pretos, machos , fêmeas. Cada um com suas diferenças e suas particularidades. Muitas semelhanças entre todos no mundo. Porque o mundo padece de fome de corpo e de alma, padece de pão, de coragem, de acalanto, de sonho, de música, de esperança, de briga boa e certa, de carater, de honra, de elegancia, de valor, de trabalho.
E isso tudo é desejo de qualquer raça, de qualquer gênero, de qualquer ser.
O que euquero é respeito!
É dignidade para cuidar de meus filhos. Mas isso não sou só eu que quero. Você aí, pai de família, também quer. Quer poder bater no peito e dizer que ganha o suficiente para sustentar a tua casa e a tua família, da mesma forma que qualquer mulher quer fazer.
Não quero ser tratada como santa encarnada porque santa eu não sou. Me tire de cima desse andor que eu quero descer!!!! Sou gente! Sou alma envolta de carne e ter um xoxota em vez de um pinto não me transforma assim tão diferente.
O que eu quero nesse dia eu quero para qualquer um deste mundo.
DIGNIDADE, IGUALDADE, RESPEITO.
Para todos. Homens e mulheres.

2 comentários:

Ronaldo Faria disse...

Só pra marcar de vez.
Parabéns pelo dia de hoje, por ontem, por amanhã e os próximos que existirem. Parabéns por ser...
Cuide-se
Ronaldo Faria

Quanto ao texto, é isso aí! A maldição do samba, da vida, com suas passistas carnais. Algumas deusas e outras não. Na verdade, toda normais.

Ronaldo Faria disse...

Ps.: "Todas" normais.