quinta-feira, 24 de novembro de 2005

Que tem homem que não gosta de xoxota, isso eu já sei. Mas isso aqui é um absurdo!

Unicef: mutilação genital feminina se globaliza

A mutilação genital feminina, que consiste na remoção do clitóris e os lábios menores da vulva, é um fenômeno em vias de se tornar global e que afeta milhões de mulheres na África, Oriente Médio e comunidades de imigrantes no Ocidente, de acordo com um estudo publicado nesta quinta-feira pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef). Estima-se que 3 milhões de meninas e mulheres sejam mutiladas a cada ano na África. A tradição diz que a ablação clitoriana garante status e honra à mulher, mas pode desfigurar, causar danos psicológicos e às vezes matar.

Entre 100 e 140 milhões de mulheres no mundo sofreram uma mutilação sexual de diferentes modos, de acordo com estimativas publicadas pelo relatório. A prática da mutilação genital, extremamente vinculada à procedência étnica, parece diminuir em alguns países (Benin, Burkina Fasso, Nigéria e Iêmen), mas permanece estável em outros como a Costa do Marfim, Egito, Níger e Sudão.

Eu to dizendo que tá tudo de cabeça para baixo. Tá tudo maluco!!
Pára o mundo que eu quero descer!!!!!!

2 comentários:

arrudA disse...

a poesia

nunguém nos

mutila

ariadne disse...

Ser mulher é difícil em qualquer sociedade, mas tem algumas em que é impossivel.