domingo, 16 de outubro de 2005

Tatiana e sua Moto

15/10/2005


Eu já tive moto e agora estou quase, quase tendo outra.
Penso se vou me estatelar no chão, se vou morrer no asfalto quente, uma morte sem glamour nenhum. Aí eu chego a conclusão que não tenho medo de morrer, só não gostaria de morrer agora.
Moto não tem seguro contra roubo. Isso é muito desagradável porque os ladrões tem uma certa tara por motos. É um risco.
Eu tenho que trabalhar bonitinha, com cara de Zé, Zécutiva...Teria, então, que eliminar todos meus saltos altíssimos que me deixam enorme e divina e assumir um visual mais prático, mas menos elegante.
Moto faz, em média, 35 quilômetros por litro, gastaria R$60,00 por mês. A economia de gasolina paga a moto.
Mas o cabelo fica medonho dentro do capacete.
Viajar de moto é mais barato porque não se paga pedágio.
Eu tenho que manter o carro, e o seu financiamento, e fazer outro financiamento para a moto. Dívidas, dívidas, dívidas...mas eu pago o financiamento com a economia da gasolina! Lembra?
Não colocaria meus filhos na garupa. Eu acho...
Não bebo muito mesmo. Aliás, quase não bebo..posso pilotar com segurança...
Eu fico ótima em cima de moto.
Não dá pra carregar violão na moto. Por isso mantenho o carro.
Andar de moto depois da chuva dá chulé.
Não posso falar no celular e pilotar.
É muito bom descer a serra de moto. Posso ir e voltar do litoral por um custo módico.
Minha última pilotada boa foi em..deixe-me ver...91...será como andar de bicicleta..acho que sim..o tombo é que é pior...
COMPRO OU NÃO COMPRO??????????

3 comentários:

Anônimo disse...

Tatiana... andei fazendo as mesmas ponderações que você em relação a moto. Dirijo o carro do papai... e aí pensei: se fosse pra comprar algo para eu me locomover, compraria... Uma moto? sim... é mais barata, econômica. amigos e família me convenceram do contrário. quem sabe?
Ass. Ciça

sonekka disse...

Nas suas ponderações e nas minhas contas, a única vantagem tem sido a economia de gasolina.
com 2 pau vc põe um kit gás no carro e economiza mais que a moto.

Bruno Ribeiro disse...

Tati, sai fora! Compra moto não! Isso aí é um perigo, menina! Um dia você cai, um dia você morre! E você nasceu para ser eterna, não vem com essa onda de que moto dá liberdade! Prefiro você linda, em cima dos saltos altos com seu violão. Economize gasolina andando de táxi, é bem mais seguro e elegante!