segunda-feira, 24 de outubro de 2005

Semana passada eu caminhava, toda serelepe, pelas ruas de paralelepípedos de dengosa cidade de Elias Fausto. Ia toda charmosa, a saia balançando no quadril, o cabelo ao vento, o equilíbrio perfeito sobre o salto alto da velha sandália.
Elegância total!
No instante em que resolvi pular uma pocinha de água parada, lá se foi todo o meu charme. Caí, estatelada no chão, de barriga, na poça, o vento levantou a saia, o bundão brilhando para o céu, o salto filhodaputa da sandália balançava, mortinho da silva pendurado por um fiapo de plástico vagabundo.
Não sei o que foi pior: catar os papéis que voavam pela rua, assim, meio de quatro ou entrar, toda suja, descabelada, parecendo uma saci fêmea na única loja de sapatos que achei por perto e pedir, por caridade, urgentemente, uma sandália 38 básica com salto firme. Metade de mim era o que eu fui e a outra metade era uma quase indigente, suja, descabelada, desandalhada, desmaquiada e desdinheirada. Dei um checão frio pré-datado.

Hoje, saio de sandália nova, linda e esvoaçante de novo e caio aos pés de um senhor de uns 130 anos, no mínimo, que, ao me ver cair, diz: êta porra...tá caindo mulher do ceú! Ai se eu tivesse 30 anos a menos...
Ainda levei um bengalada carinhosa na bunda quando tentava levantar e uma piscadela cafona.
Preciso de um banho de sal grosso e uma reza forte.
Ou parar de usar saltos tão altos. A queda é sempre pior lá de cima.
Eu sei..na pele...

3 comentários:

Renata disse...

(rachando de rir aqui desse lado)..

Ai, ai, Tati, vc sabe que apesar de toda a elegância, sensualidade e poder que o salto nos traz, ultimamente (e não sei por que nessas horas lembro da minha vó dizendo "chega uma hora que a idade bate minha filha") eu ando ficando quase rasteirinha mesmo. Minhas costas tem agradecido tanto..

Click disse...

OI Tatiana Stone, prima do Mike Jager..
Acho que descobri o mapa da mina pra comentar nesse blog que eu já havia comentado muito e não foi nenhum...No ínico mudar o botão pra "outro"...agora vai...
Recomendo antes de sair de casa vc tomar umas 2 dozes de whisque, Bucanas 18 de preferência, ou Chivas ou Ballantines se não tiver jeito, pra evitar acidentes sérios como esses. Na vida a gente peca sempre pelos excessos mas muitas vezes pela falta. Carregue também seu patuá !
Beijão do ébrio amigo

Danielle Ribeiro disse...

Oi moça!!! não consegui comentar o post de cima... mas esse vai pra ele ...
Tb não conseguir ler nem um texto do post mas prometo que vou passar por aqui quando estiver com mais tempo ... estou meio por fora da comuna pois restringiram meu acesso ao orkut ... me responde uma coisa: qual foi o desafio proposto pelo Cirineu? Acabei perdendo a oportunidade daquele concurso dos sete pecados pois até semana passada estava em vésperas de entregar TCC ... mas ainda pretendo escrever algo sobre o tema ... qual é o de agora? ...hehehe ... bjs