sábado, 30 de janeiro de 2010

eu e os piercings

Uma amiga resolveu colocar um piercing íntimo. Ou seja, furou as partes lá da piriquita e agora vai começar a apitar quando quiser entrar em algum banco. Até explicar que ela está com uma perereca metálica e tudo mais, vai causar a maior fila na porta do banco.
Quem colocou foi aquele rapaz que eu comentei aqui, aquele tinha tanta coisa lá no saco que meu amigo dizia que ele parecia um varal. Fiquei curiosíssima pra ver.
Minha amiga me liga ontem dizendo que pensava em colocar, ontem mesmo, a jóia na piriquita e perguntava o que eu achava. Eu acho uma insanidade ficar furando as partes mas eu lá tenho envergadura moral pra falar disso já que me furei toda quando resolvi encher minhas costas de tatuagens?
Quase meia noite me liga dizendo que tinha feito.Fui encontrar com ela em um salão de sinuca lá em Campinas. Tinha acabado de colocar. Dizia que se sentia zen.
"Quero ver! Me mostra!". Fomos, todas serelepes ao banheiro, pra eu ver a tal jóia. Achei delicado, a perereca de minha amiga estava em ordem, não inchada, deformada, essas coisas. Estava normal só que com um tipo de argola presa no prepúcio que cobre o clitóris. Não foi chocante pra mim. Achei essa imagem na net que é, mais ou menos, como ficou a bagaça.
Na saída do banheiro dou de cara com o moço do saco de varal e, como todo mundo que faz tatuagens ou tem piercing pelo corpo, ele quis me mostrar os pinduricaios dele. Ali mesmo, na porta do banheiro feminino, ele me abre o ziper, põe as coisas pra fora e eu vejo uma...uma...um...uma coisa que eu sei que é um saco e em cima tem um pinto. Dá pra reconhecer. Era uma coisa mais ou menos assim, ó!
Mas aquela quantidade de piercing, aquele barulhinho, clic, clic, clic, que dava pra ouvir quando ele mexia nas...naquilo tudo...não sei...parecia ...parecia um dragão chinês moderno metálico, meio Blade Runner, ou uma coleção de ganchinho de lata de cerveja, o cara não tinha mais onde guardar na casa dele, pendurou no saco! O cara tinha um caxixi pendurado nos bagos!!!
Gente, tinha muitas, muitas argolas no pobre do saco do cabra. Argolão, do tamanho de anéis. Tinha uns, sei lá, dez? Na glande, ali assim, atravessado, tinha um negocinho, tipo um alfinete que atravessava. Tinha tanta coisa nas partes daquele moço que tem que tirar uma meia hora, só de reconhecimento de terreno, antes de cair na sacanagem em si.
Acho que distrai, tira o foco. Fiquei olhando o saco e o pinto de um cara que é ótimo, precisa ver , o moço é um charme. Ele estava ali, a barguilhona aberta, sacudia o saco pra cá, o saco pra lá, levantava o pinto pra cá, pra lá e eu só conseguia pensar: puta merda, que povo maluco! Não tem espaço pra pensar em sacanagem com aquele saco mutante metálico. Pelo menos eu não pensei. Eu fiquei foi com uma cara de coió, fiquei olhando aquela coisa toda pendurada, foi me dando uma gastura, uma coisa no meu peito, acho até que minha pressão caiu.
Só consegui pedir que ele guardasse aqueles negócios todos porque eu estava me sentindo mal e voltei pro salão, toda esbaforida, absolutamente perturbada com essa visão.
Não sei como não tive pesadelo.
Agora toda vez que eu encontrar o moço eu vou ficar lembrando do que vi. Olho pra cara mas o que vejo mesmo é aquilo: um saco que mais parece um barbante de camelô, cheio de penduricaios pendurados. Um saco que é praticamente um instrumento de percussão. É só sacudir que ..tchanan!!! Tlingue, tlingue, tlingue...
Coisa de gente maluca mesmo.
Muita modernidade pra mim.
Deixo, por último, um toque de humor e deixo uma questão: como colocar camisinha em um pau todo cheio de coisa? Fura a camisinha?

7 comentários:

Arnaldo disse...

Não consigo deixar de pensar na possibilidade do seu amigo e da sua amiga terem, digamos, um affair (acho que sou dos poucos que ainda usa essa palavra), uma atração repentina e descontrolada. Fico a imaginar um enlace entre os dois e daí a pouco alguma coisa enganchando em outra. Fico imaginando um certo desespero. Será que vai pintar alguém pra jogar um balde de água nos dois?

Tatiana disse...

EU JOGARIA!!
hahahahhahahahahahahahahahah

Georgiana disse...

Que coisa surreal!!!! Quem vai ter pesadelo com o cara sou eu!

claudia lyra disse...

Putz, Tatiana, eu é que não estava preparada pra essas fotos que você linkou! Aaaaaaaarrrrrghhhhhhh!!!

Morena disse...

Periga ... se cair um raio os dois morrerem, eletrocutados, com tanto metal no corpo.
Ai!!!! Acho que vou vomitar!!!

Fernando disse...

Amiga... quem chega nesse nível não usa camisinha; plastifica!

Menininha bossa-nova disse...

Eu vi o piercing íntimo da nossa amiga (vi a foto - aliás, o City Bar quase todo viu, hahahaha - exagero meu...) e tá bem mais bonitinho do q esse da foto...

Gente doida de fato...