quinta-feira, 28 de fevereiro de 2008

Eu não sou assim apavorada com elas. Não, não sou. Mas também não sou de ficar saltitando quando vejo uma. Não medro, mas não aliso, saca?
Barata é uma boa de uma merda. Elas podem viver até quinze meses e gerar duzentos e cinquenta filhotes. Tem noção disso? A Dona "
Periplaneta americana" - o nome científico da bicha - é uma máquina de fazer filhote.
E, atualmente, estão surgindo algumas realmente abusadas. O Ugo me disse que encontrou uma deitada na cama, a barrigona pra cima, como se estivesse vendo TV. Pode uma folga dessa? Tudo bem que a casa vivia meio que vazia, mas se apoderar da cama é muita ousadia. Não é verdade? Você deixaria uma barata deitada na sua cama?
Pois é. Ele tentou matar a barata. Nãoa certou uma cacetada na bicha. A barata sumiu, assim, sem deixar rastros.
Aí a tal cama e movida, sacudida, sai de um canto e vai pra outro. Não é possível que uma barata faça uma viagem dessas e não fique, ao menos, enjoada e suma!
Parece que essa tal não é frágil.
Estava eu sentadinha assim, como tô agora. O pc na minha frente, a minha bunda na cadeira meio bamba, o cigarrinho no cinzeiro. Eu passeio languidamente pelas páginas da internet quando vejo - inacreditável isso - quando eu vejo a vaca da barata subindo pelo mouse, balançando as anteninhas. Devia estar a quinze centímetros de mim!
Eu levei um susto tão grande que quase caí da cadeira. O que fez que meu orgulho ficasse muito abalado. Tomei uma atitude. Chamei o Ugo pra matar a barata que tinha corrido e se escondido atrás dos fios, lá naquela ninho de mafagafinhos que são os fios.
A bicha estava ali ainda , de cabeça para baixo, mexendo nervosamente as antenas. Percebi que uma antena era menor que a outra. Além de ser barata ainda era uma barata fashion, cheia de moda.Ai que ódio que eu tive dela. Desaforada, abusada, viajada e fashion. Odiei essa barata com todas as minahs forças.
Fialmente o esquadrão anti-barata está pronto. Minha função era apontar a barata e gritar " ali, ali, ali". A função do Ugo era exterminar a bicha. E a função da bicha era ser morta! Mas não é que a vaca da barata era, além daquilo tudo que eu falei, rebelde? Não quis morrer facilmente.
E foi um tal de " entrou ali! ", " onde?", " ali, cacete", " aiiii, tá perto do teu pé".
Resumindo a saga, eu acabei dando uma chineada dela que mandou ela direto pros ceús baratísticos.
Matei bem matado. Matei porque nem original de minha casa era, era barata importada, barata estrangeira, barata outra.
Matei mesmo.
Agora eu te pergunto.
Qual é a utilidade da barata?
Ela ajuda em alguma coisa?
Alguém, algum bicho, se alimenta de barata?
Não!
Não!
É a coisa mais inútil dessa vita animal toda!
Talvez ela sirva para aprimorármos a nossa mira, mas só isso.
PRA QUE SERVE UMA BARATA?????

2 comentários:

Vivien Morgato : disse...

pra inspirar posts.;0)

Danny disse...

Pra mim, só serve pra me mostrar como sou fresca e medrosa!
=)
Beijos (sem baratas)