quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Alma cigana

Como eu gosto de pegar estrada!
Adoro! Adoro!
Adoro viajar para tocar em algum canto qualquer.
Adoro o vento na cara. Meus pés sobre o console. Olhar a paisagem que passa rapidamente por meus olhos. Adoro os devaneios, as idéias loucas que sempre surgem. Meus pensamentos se organizam na estrada.
Adoro ir. Mesmo que eu não saiba ao certo se irei chegar. Não tem problema algum.
Eu posso não saber onde a estrada me levará.
Mas uma coisa eu sei: eu sempre vou!
E volto! Volto cheia de histórias que adoraria escrever aqui, mas não posso. Volto cheia de brisa nova, cheia de cheiros novos, de novos horizontes. Volto risonha, volto cansada, volto com aquela sensação de trabalho feito.
E quando eu volto, minha casa me recebe sorrindo. Um abraço daqueles,sabe?
Meus cachorros mostram sua saudade pulando em mim, me lambendo os dedos, as portas se abrem para mim e eu volto, bolsas pela sala, violões pelo chão, mais conversa animada. Aquele banho bom. A cama morna. O sono bom.
Amanhã a estrada me espera mais uma vez.
E eu já sorrio porque sempre sei como é o final disso tudo.

PS: Ontem recebi flores de uma menininha de seis anos que sabe todas as canções do cd infantil. Foi o vasinho de flor mais lindo que recebi na vida. E aqueles olhinhos me olhando ...e me pedia " toca a do Saci?". " Claro que toco". " E a da Bela Adormecida?". " Toco também".
Depois ficamos juntas fazendo barquinhos de papel. Rindo. Não, querida, tem que dobrar aqui senão solta tudo...Assim? É, assim. Tá lindo, né? Tá, Tá lindo.
E aquele olhar, aquele olhar que me enlouquece, que eu recebi por cima das folhas, me balançou por dentro.
E com meus olhos eu respondia a pergunta absolutamente surpreendente.
Nem eu acreditei quando ouvi minha boca responder:
-Sim. Eu topo.

2 comentários:

moacircaetano disse...

ai, que lindo, que lindo, que lindo!!!

Tatiana disse...

Rapaz!
Quanto tempo, meu querido!
Que bom você por aqui!!