quarta-feira, 22 de agosto de 2007



Ah, amado meu

Há tanto que te recebo e espero ao mesmo tempo.
Aquela sensação que me faz virar a cabeça na rua, certa de dar de cara com você e, de súbito, cair em prantos e em teus braços. Mas quando giro, só vejo meus cabelos que cobrem meus olhos e sigo preenchida da mais absoluta saudade.
Saudade daquilo que eu nunca tive. Saudade daquilo que eu sempre tive e nem percebi.
Ai, amado meu, teus dedos ainda deixam as marcas quentes em minha pele. Meus pelos ainda apontam em tua direção. Eu toda aponto em tua direção. Meus bicos apontam para você. Meus olhos apontam para você. Eu toda sou um mar de pontos e vírgulas. Sou toda sinais. Sou exclamação, sou sustenidos, sou marcas d'agua, sou marcas roxas. Ali, onde você me marcou e somente eu posso ver, ali, no roxo da minha carne, ali dorme uma fada louca, a insana fada do meu desejo e da minha saudade. A fada adormecida há tantos séculos dentro dos meus poros que se esqueceu como se desperta.
Amado meu, meu grande amor de todos estes tempos, onde estará a metade de sua alma?
Como consegue viver pela metade? Não sei nem imaginar.
Só sei que uma metade de sua alma dorme ao lado da minha fada, adormecida dentro dos meus poros, só aguardando você também despertar e aí eu te olharei nos olhos, te afagarei a face e direi " bons dias, no resto da eternidade".

10 comentários:

Danny Reis disse...

Pô, Tatiana, sacanagem! (Me permito escrever assim porque já sou íntima sua, ora!) Eu entro aqui querendo dar umas risadas e você me faz chorar???
Grandessíssima sacanagem!
A gente conversa ao vivo...
Humpf!

Tatiana disse...

ô, meu bem
São arroubos líricos incontroláveis...
não é para chorar não. Ou é, sei lá.
O texto de baixo é mais engraçadinho...pula lá!
A gentevai se ver memso? Que legal!
Vou adorar te conhecer!

Adriana disse...

eu num to nem procurando a metade. Um quarto, eu já estava satisfeita! hahahaha

bjks de Nini

Danny Reis disse...

É claro que vamos nos conhecer!!!!! Só não vá se decepcionar! Hahahaha...
Beijão!

Dono da Fada disse...

Eu bem que queria te conhecer também e expulsar essa fada dorminhoca de você, colocar outra - uma minha - e ainda espanar essa meia alma de perto de você.
Por que o que se faz com meia alma?
Nada!
Eu posso te dar a minha alma inteirinha.
E eu sei cozinhar também.
Topas?

Geu disse...

Lindoooooooooo

Fernando disse...

Você é meio camaleoa.
Cada hora está de um jeito.
Uma hora, brava e espumando.
Outra, engraçadíssima e cheia de humor escrachado.
E ainda outras vezes te vejo assim. Cheia de poesia e lirismo.
Monotonia não há!

Lord Broken Pottery disse...

Tati,
Belo texto, nada como a inspiração.
BEijo

Tatiana disse...

O amor é a melhor das inspirações!

Tatiana disse...

Fernando,
Uma mulher tem várias facetas.
Um diamante lapidado.
Todas são assim.