domingo, 10 de setembro de 2006

Estive em Conservatória, cidade serrana do estado do Rio de Janeiro que é ,proporcionalmente, do tamanho do fiofó do mosquito. De mosquito novo.
A Cocum brasileira. Lá me senti, outra vez, uma menina de fraldas. Uma beleza! Uma hora fiz uma conta assim, por cima, da soma das idades na mesa. Cheguei perto aos sete mil anos. Uma senhora, eu tenho certeza, não estava no Dilúvio, mas sujou os pés na lama! Um mar de cabeças branquinhas, e todos tão cantantes, tão musicais, tão animados. Um exemplo. Quero ser uma velhinha assim. Tipo velhinha de Conservatória!
Fui com a intenção de tomar banho de cachoeira e todos aqueles programas meio ripongos, mas o frio me sacaneou e lá eu piorei de saúde, tossi como uma cabra, tive febre, tremi um bocado e cheguei a conclusão que o inferno é frio. Nunca usei tanta roupa em minha vida: calcinha e sutiã, camiseta, malha, casaco de couro, meu poncho de lã, um cobertor, touca, luvas ,cachecol, duas meias e bota de couro. Não passei frio com tudo isso mas também não podia andar, eu tinha que dar sedutores saltinhos laterais e equilibrar o cobertor, a touca e o cachecol sem morrer estrangulada. Foi emocionante. A Serra da Beleza é na divisa entre Rio e Minas e deve ser o ponto do Brasil mais frio do MUNDO!!! Especialmente as quatro da matina. Eu acho que vi a pontinha do tridente do diabo. Eu acho...
Mas foi delicioso. Fui cuidada, não fiz absolutamente nada de importante, não tinha horário, não tinha nenhuma obrigação. Obrigada Regina e Fernanda. Era tudo que eu precisava.
E de quebra ainda fiz mais duas músicas com a Fê e tô me achando um poço de criatividade. Tô cheia de música! Tô assim ó, ...
Volto ainda debilitada, tossindo bastante, ainda mais magra ( tudo tem um lado bom nessa vida, tudo!), aquele cansacinho de viagem, mas volto melhor.
E, principalmente, volto mooooooorta de saudade de meus filhotes, de meu gato maluco e de meus cães fedorentos.
É uma delícia ir, mas é muito melhor voltar para casa!
Eu tô em casa!
Campinas City, tõ na área!

10 comentários:

Ronaldo Faria disse...

Seja bem-vinda!
Ronaldo Faria

Fernanda Dias disse...

sem falar que vendeu todos os cd's que levou!
eita, maravilha!!
foi muito bom mesmo!!
já já tô na sua casa! beijos!

Taïs Reganelli disse...

diliça!

Bruno Ribeiro disse...

Vendeu todos os CDs???? Como assim???? E o meu!!!!!!!!!!!

Paula Tavares disse...

Esqueceu de dizer que fez participações e cantou bem horrores e agradou a mesa dos "pirralhos" de Conservatória... E que ainda deve alguns CDs... Tivemos o prazer de conhecer uma figura linda, com uma personalidade musical incrível.
Muito bom!
Beijo enorme

Carlos disse...

Por favor, guarde um cd pra mim, conf. solicitei há tempos atrás.
Vou te enviar email.
Os velhinhos são bem conservados na Conservatória. Boa dica!!!
Bjs

Maurício Gato Preto disse...

OI, é a primeira vez que visito seu blogger e confesso que estou encantado. Também tenho uma banda, escrevo algumas coisinhas...vamos trocar umas figurinhas...vi sua agenda, aparecerei em uma de suas apresentações!

Abraços!

Andréa Reis disse...

OiTati
Também quero um cd.
Estou com uma notícia maravilhosa para contar... passei num concurso público aqui em Brasília e não sou mais uma desempregada (Graças a Deus!). Comecei a trabalhar no fim de agosto.
Bjs
Andréa

Kafé Roceiro disse...

Ei, viajei junto com você nesse texto maravilhoso. Sua forma de escrever é extremamente sedutora de forma que se começa e não se para de ler até o final. Gostei imensamente do seu blog. Caí de pára-quedas e gostei! Beijos do Kafé.

Bruno Ribeiro disse...

Poxa, minha parceira sumiu mesmo... Não responde mais e-mail, não me manda recado, não comenta noi blog... E eu aqui, morrendo de vontade de ver logo esse CD novo!