sábado, 22 de outubro de 2005

FALTA DE ORGASMO FEMININO VIRA CASO DE POLÍCIA

"Uma vendedora de 31 anos recorreu à polícia por suposta incompetência sexual do parceiro. A mulher procurou o plantão policial da Chácara Urbana, em Jundiaí, depois de uma briga com o namorado de 38 anos onde alegava que ele não a fazia ter orgasmos."
22 de outubro de 2005. POPULAR. TERRA.

Isildinha já estava de saco cheio. Valdemar era um porco egoísta, um tirano do sexo, uma malfeitor do ato primordial, um incapaz.
Isildinha já sentia seus hormônios borbulharem, fervia dentro dela um tesão e uma raiva descomunais porque pior do que não ter sexo, era ter sexo ruim.
Aquilo estava virando palhaçada! Isso não é só incompetência, era crueldade!!!
Naquela noite que ele deu aquela bimbada medíocre, fez três ou quatro tum tum e depois caiu pro lado com um insosso ahhhh, Isildinha perdeu a cabeça. Ficou em pé na cama com um grito gutural, os braços levantados em guerra.
- Não acabou não, filho de uma puta!!! Levanta este pinto de merda porque eu quero gozar!!!!
- Que que é isso, Isildinha? Não dá...eu acabei de ejacular!Tá louca???
- Tô louca é de tesão encruado, to louca é de foda mal dada.! Valdemar, se prepara porque eu vou te comer de qualquer jeito! Vou te ensinar como se faz uma mulher ter orgasmos múltiplos, públicos, úmidos, lânguidos, paroxítonos!!!
-Isildinha, que é isso? O que você está fazendo com este cabo de vassoura, Isildinha?
- Ou você me faz gozar de jeito ou eu te enfio esse cabo no rabo!! - E começou a bater o cabo no colchão, Valdemar esquivando pelado pelo vão da cama.
-Tá bom! Tá certo! Eu te chupo! Eu te chupo!!
-Mas se me morder eu te tasco uma vassourada na cabeça! Se morder, morre!!!
-Chump! Chump! Chump!
-Ai, que gostoso...
-Chump, chump, chump, gasg...cof cof cof..
- Por que parou? Parou por que , Valdemar????
-En co, gas cof guei cof cof com um pentelho!!!!!
- Mas é um imbecil mesmo! Toma vassourada, seu inútil! Toma pra aprender, seu filho da puta!!
E Isildinha quebrou o cabo de vassoura em 36 pedaços, meteu todos eles no orifício anal de Valdemar que morreu de hemorragia interna, o corpo todo lenhado e a moral em baixa.
Isildinha cumpre pena em regime fechado e não recebe visitas. É conhecida como a louca da vassoura e jura, de pé junto, que prefere mil vezes o cabo de vassoura a qualquer homem nesse mundo. Nunca se arrependeu.
-
-

3 comentários:

ariadne disse...

Hilário!!!!!

Bruno Ribeiro disse...

E no caso de a mulher ser frígida, teria o marido seu direito assegurado de processá-la também? Acho esse papo meio...broxante! (risos)

Click disse...

Oi Tati
Já postei aqui e até foi mas agora pede tudo senha digitos, nomes, cpf etc......muita coisa e no final o nome não confere..tá dificil comentar aqui. Mude o sistema de comentáriso. Esse tá impossivel. Tentei novamente vamos ver.