terça-feira, 20 de fevereiro de 2007

Ontem fui na saída do Cumpizeiro.
Adorei!
O rapaz que puxa o samba é do cacete. Puxador dos bons e eu fui puxada pelas ruas de Barão, sambando como uma cabrita, feliz da vida, vendo aquele povo todo se divertindo, sem pagar nada, sem precisar de nada. Quem queria fantasiar, fantasiava. Quem queria suar, suava. Quem queria beber, bebia e assim todo mundo ia sambando ao som do samba.
Eu aproveito esses momentos e ponho todos os meus bichos para fora e já faço meu exercício aeróbico, garantindo assim a queima das calorias ingeridas nas minhas três latinhas de cerveja. Tudo muito combinado. Bebo, sambo, suo, queimo. Bebo mais, sambo mais, suo mais e queimo mais.
Perfeito. Tipo Sparnaval. hahahha .
Hoje tem mais.
E eu vou!

PS: Parceiro, fique bom logo porque estoui sentindo falta de sua companhia nessas baladas carnavalescas.
Eu sambo realmente em sua homenagem!

Um comentário:

Perla disse...

Esse tipo de malhação dá pra fazer...rsrs
Bom carnaval pra ti.
Abraço